close

RESULTADOS: Emater Rondônia encerra 2019 com metas executadas e ampla reestruturação

Foram adquiridos neste ano 42 veículos com recursos próprios ou de emendas parlamentares

SECOM - GOVERNO DE RONDÔNIA

8 de Janeiro de 2020 às 14:19

RESULTADOS: Emater Rondônia encerra 2019 com metas executadas e ampla reestruturação

Laboratórios moveis para análise de água e de ictioparasitos FOTO: (SECOM-GOVERNO DE RONDÔNIA)

Emater-RO fecha o primeiro ano desta gestão (2019) com 96,1% de suas metas orçamentárias executadas e uma ampla reestruturação de sua infraestrutura de atendimento ao agricultor familiar.

 

Foram adquiridos neste ano 42 veículos com recursos próprios ou de emendas parlamentares, sendo sete camionetes 4×4, com recursos oriundos do Fundo do Programa de Melhoria da Qualidade e Produtividade do Leite (Proleite), 14 pick-ups com recursos de emenda parlamentar, e oito outros veículos adquiridos com recursos próprios.

 

Parte destes veículos foram entregues, e o restante será entregue até o final de janeiro, pois os recursos já estão na conta, e os produtos devidamente empenhados. “Essa é uma conquista do trabalho que vem sendo feito junto à bancada federal e estadual, buscando fortalecimento da autarquia e melhoria dos serviços junto ao seu público beneficiário. A determinação do nosso governador é que até ao final do governo seja substituído 228 veículos utilitários, e colocada pelo menos uma caminhonete traçada para cada escritório local, para melhorar o atendimento durante o período de inverno, época que aparece mais pragas nas culturas”, diz o presidente Luciano Brandão, que tem como meta substituir por veículos novos toda a frota com mais de cinco anos de uso.

 

Também foi conseguido, junto ao Ministério da Agricultura, R$ 2,1 milhões para a aquisição de um ultrabook e um tablet para cada extensionista, o uso destes equipamentos irá otimizar o atendimento ao produtor na propriedade, oferecendo maior confiabilidade do trabalho extensionista.

 

O Sistema de Gerenciamento e Monitoramento de Ater (Sigater) foi totalmente melhorado e adaptado para as novas plataformas de atendimento, com um sistema capaz de atender no formato online e offline. Terá ainda um aplicativo para atendimento dos produtores em tempo real (online), Sistema que vem sendo desenvolvido desde o inicio do ano que passou.

 

A missão da Emater-RO é prestar serviços de Ater de forma participativa junto aos agricultores familiares e suas organizações, visando o desenvolvimento humano sustentável. E foi com base nessa missão que em 2019 servidores foram capacitados. “Estamos entrando em uma nova geração onde a tecnologia avança a cada dia e precisamos acompanhar essa evolução” falou o presidente.

 

O governo de Rondônia reconhece que não basta oferecer informação técnica ao produtor, é também necessário oferecer condições e recursos para execução, e foi nesse sentido que a Emater-RO seguiu a determinação do governador coronel Marcos Rocha e está recuperando as usinas de nitrogênio, há mais de dois anos paradas. Agora, com a produção de nitrogênio líquido, se dará novo impulso a inseminação artificial em bovinos, em especial a bovinocultura de leite. A inseminação é essencial para o melhoramento genético do rebanho e o consequente desenvolvimento econômico dos produtores e do estado de Rondônia.

 

 

A cadeia do leite recebeu investimentos através do fundo Proleite

 

 

 

Outras culturas como o café, cacau, piscicultura e a bovinocultura de corte também receberam atenção especial da Emater-RO, na cafeicultura está sendo trabalhado um programa de identificação geográfica (IG), e sustentabilidade da produção cafeeira. Na cacauicultura foram atendidos cerca de 2.976 famílias rurais que trabalham com a cultura, desde a lavoura até o processamento de frutos, polpas e cascas até a comercialização, foi realizado capacitação com 73 técnicos um por escritório local, e a distribuição de 158.115 sementes e 130.225 hastes para 19 municípios. Com isso, é possível voltar a incentivar a cultura no estado com sistema agroflorestal clonal. Na piscicultura o Projeto de Desenvolvimento de Piscicultura com Sustentabilidade foi implantado com o objetivo de criar espécies comerciais mais conhecidas em cativeiro como o tambaqui e a tilápia, entre outras realizações foram adquiridos três laboratórios móveis de análise de água e de ictioparasitologia, possibilitando a realização de diagnósticos e a prevenção e tratamento de doenças parasitarias do pescado. Na bovinocultura de corte foi firmado o termo de cooperação com a ABCZ com a denominação de Programa de Melhoria da Qualidade Genética do Rebanho Bovino do estado de Rondônia, denominado simplesmente de Pró Genética0-RO, que para melhorar e qualificar os técnicos que prestam assistência aos criadores de gado bovino em Rondônia, a Associação dos Criadores de Zebu (ABCZ) em Parceria com a Emater-RO realizou cursos e a capacitação para 96 extensionistas, divididos em três turmas, sobre avaliação de touros das raças zebuínas, seguindo a técnica e metodologia Epmuras.

 

Mesmo com as limitações impostas pelo orçamento elaborado ainda pela gestão do governo anterior, a direção da Emater-RO conseguiu executar com sucesso 96,1 % do orçamento, sem duvida um dos melhores desempenhos na história da autarquia. Para 2020 o foco será para as unidades operacionais, pois com um governo forte e alinhado com o setor agrícola, a direção pretende alcançar novos objetivos e elevar a extensão rural para um novo seguimento.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS