close
logorovivo2

Queremos garantir a integridade das eleições no Brasil, diz Zuckerberg

Em entrevista à CNN, o CEO do Facebook ressaltou que o problema das 'fake news' deve ser combatido

FOLHAPRESS

22 de Março de 2018 às 14:34

Queremos garantir a integridade das eleições no Brasil, diz Zuckerberg

FOTO: (Getty Images)

O presidente executivo e cofundador do Facebook, Mark Zuckerberg, disse na noite desta quarta-feira (21) em entrevista à rede CNN que está comprometido em fazer tudo que for preciso para garantir a integridades das eleições de 2018.

 

Zuckerberg citou as eleições do Brasil e da Índia, como desafios.

 

Ao responder a pergunta sobre como o Facebook está lutando conta a intromissão eleitoral o cofundador da rede social destacou a atividade de robôs russos nas eleições francesas também a proliferação de notícias falsas na eleição pelo Senado americano no estado do Alabama.

 

"Implantamos algumas novas ferramentas de inteligência artificial que construímos para detectar contas falsas que tentavam espalhar fake news e encontramos muitas contas diferentes vindo da Macedônia", disse.

 

Zuckerberg disse que muito trabalho precisa ser feito para evitar que países, como a Rússia, possam interferir nas eleições. O executivo também destacou as fake news como um problema a ser combatido. "Há uma grande eleição na Índia este ano, há uma grande eleição no Brasil, há grandes eleições em todo o mundo. Você pode apostar que estamos realmente comprometidos em fazer tudo o que precisamos para garantir que a integridade dessas eleições no Facebook seja garantida".

 

O executivo reconheceu o erro de sua empresa ao acreditar na Cambridge Analytica, a consultoria política que desviou dados de usuários.

 

Zuckerberg previu ainda que haverá uma "versão 2.0" daquilo que ocorreu na eleição de Donald Trump e que as redes sociais precisam estar atentas a esses movimentos, admitindo que em 2016 ele e sua equipe não estavam preparados.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS