close
logorovivo2

Paraguai propõe financiar ponte que unirá país com o Brasil

A ponte terá uma extensão de 200 metros e o investimento do Governo paraguaio está estimado entre US$ 6 e US$ 8 milhões

AGENCIA EFE

9 de Maio de 2018 às 16:16

Paraguai propõe financiar ponte que unirá país com o Brasil

FOTO: (Divulgação)

O Paraguai proporá ao Brasil financiar de maneira íntegra os mais de U$ 6 milhões que custará a construção de uma ponte sobre o rio Apa, que unirá San Lázaro, no departamento de Concepción, com o estado de Mato Grosso do Sul, informou nesta quarta-feira o Ministério de Obras Públicas.

 

O titular paraguaio de Obras Públicas e Comunicações, Ramón Jiménez Gaona, anunciou hoje que transferirá esta proposta ao ministro Valter Casimiro Silveira durante o encontro que manterão em 17 de maio em Brasília, segundo um comunicado do Ministério.

 

A ponte terá uma extensão de 200 metros e o investimento do Governo paraguaio está estimado entre US$ 6 e US$ 8 milhões, como apontaram desde o Ministério.

 

O Paraguai tem interesse de que essa infraestrutura seja construída o mais rápido possível para garantir sua ligação com o Brasil.

 

"O Governo do Paraguai quer financiar 100% a ponte porque é uma obra do nosso interesse. É estratégico", explicou à Efe o diretor de Planejamento Viário, Félix Zelaya.

 

Para Zelaya, o fato de ser "uma obra pequena" permite aos cofres paraguaios bancar o valor, embora ainda desconheçam o retorno que esse investimento terá.

 

O diretor de Planejamento Viário também lembrou que o Governo do Paraguai, através da Chancelaria, apresentou ao Brasil uma minuta de acordo de proposta na qual oferecia o financiamento desta ponte.

 

O documento está agora à espera de uma resposta por parte da Chancelaria vizinha.

 

A ponte sobre o rio Apa completaria os projetos do Paraguai nessa zona do país, onde já foi inaugurada a rota entre Concepción e Vallemí e agora se trabalha no trecho que unirá Vallemí com San Lázaro, onde o Governo espera realizar a conexão com Mato Grosso do Sul.

 

Além desta infraestrutura, Gaona também tratará com o colega brasileiro a construção da ponte sobre o rio Paraguai, entre Carmelo Peralta (Paraguai) e Porto Murtinho (Brasil), e outras duas pontes sobre o rio Paraná.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS