close
logorovivo2

COMPORTAMENTO: Os planos para retirar meninos presos em caverna na Tailândia

Confira as diferentes possibilidades.

ISTOE

5 de Julho de 2018 às 10:54

COMPORTAMENTO: Os planos para retirar meninos presos em caverna na Tailândia

Socorristas na área da caverna inundada - AFP FOTO: (Divulgação)

As equipes de emergência estudam como resgatar os 12 meninos e seu treinador de futebol que estão presos há 12 dias em uma caverna inundada na Tailândia. Seguem abaixo as diferentes possibilidades:

 

Esperar a redução do nível da água

 

Isto permitira aos meninos sair a pé pela galeria, com o mínimo de trechos submarinos que seriam percorridos com máscaras de mergulho, em imersão.

 

É a opção preferida das equipes de resgate que, com a ajuda de engenheiros japoneses, criaram um sistema de bombeamento da água para drenar a caverna o máximo possível.

 

“Nossa principal missão continua sendo o bombeamento”, afirmou Narongsak Osotthakorn, governador da província de Chiang Rai e coordenador da célula de crise.

 

Mergulho

 

Este é o plano de emergência que autoridades querem evitar. Mas se a água voltar a subir após as chuvas previstas para sexta-feira, em plena temporada de monção, as equipes de resgate podem ser obrigadas a aplicar a medida.

 

“Urge porque, potencialmente, mais chuva poderia inundar novamente a caverna, o que tornaria o resgate muito mais complicado e perigoso”, afirmou à AFP Torsten Lechler, mergulhador alemão que integra a equipe de resgate.

 

“Esta manhã preparamos os 13 equipamentos de mergulho para estarmos preparados para um resgate de maneira urgente”, disse Osotthakorn.

 

“A caverna apresenta desafios importantes. Há zero visibilidade, espaço reduzido”, explicou à AFP Matt Fitzerald, mergulhador da Polícia Federal australiana. Ele avançou por parte do trajeto, mas não conseguiu chegar até o fim.

 

Resgate por um poço vertical

 

Outra alternativa estudada. As equipes de emergência continuam procurando outra via de entrada a partir do topo da montanha que tenha uma ligação ou seja facilmente conectada após uma perfuração com a parte da caverna onde estão as crianças.

 

“Estudamos cada metro quadrado para ver se um dos poços leva à caverna”, disse o governador.

 

Retirar um menino

 

O governador citou uma técnica aplicada em outras ocasiões para gerar confiança entre as vítimas mais assustadas: retirar um menino voluntário para que os socorristas possam ensinar ao grupo, com imagens, que é possível completar o trajeto.

 

Os socorristas tailandeses pretendem retirar “um por um”, sem informar o prazo entre as ações. Um mergulhador demoraria seis horas para voltar à gruta com uma prova, o que significa que precisam dispor de tempo.

 

Maca

 

“Podemos colocá-los em espécie de maca com uma garrafa de oxigênio, uma máscara completa e movimentá-los até a saída flutuando, sem que precisem nadar. É uma técnica já utilizada”, sugeriu Bill Whitehouse, vice-presidente do conselho britânico de resgate em cavernas, entrevistado pela BBC.

 

Até o momento os socorristas tailandeses não mencionaram esta possibilidade.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS