close
logorovivo2

'ATÉ PEDIU DESCULPA': Pai suspeito de matar a filha tentou retirar denúncia de estupro

Homem tinha acabado de sair da prisão por ter estuprado a cunhada e a filha de 13 anos

NOTÍCIAS AO MINUTO

4 de Outubro de 2018 às 09:44

'ATÉ PEDIU DESCULPA': Pai suspeito de matar a filha tentou retirar denúncia de estupro

FOTO: (Divulgação)

Tamires Tanzi, mãe da garota de 13 anos morta a facadas pelo pai, disse à TV TEM, afiliada da Globo, que espera que Horácio Nazareno Lucas, de 28 anos, seja preso. "Ele não pode ficar impune de novo, não. Matar a própria filha? Isso não se faz", disse.

 

Letícia Tanzi Lucas foi morta na madrugada de quarta (3), em São Roque (SP). O pai está desaparecido desde o crime. Ele havia deixado a prisão horas antes.

 

VEJA MAIS:

 

LOUCURA: Pai preso por estuprar filha, deixa a cadeia e mata a menina

 

 

Tamires contou que Horácio chegou à casa da família durante a madrugada, após deixar a penitenciária, arrombou uma porta, mas que não parecia representar uma ameaça. "Ele estava calmo, conversando. Até pediu desculpa para a filha dele. Eles se abraçaram e até choraram juntos", afirmou.

 

Segundo a mãe, o homem foi lá com o objetivo de convencer a filha a retirar a denúncia de estupro. No entanto, Letícia se negou. "Ele queria que ela mentisse, que ela falasse que ele não tinha feito nada com ela. Nisso ele foi ficando nervoso", disse Tamires.

 

Horácio Nazareno Lucas foi preso em junho deste ano por um mandado expedido pela Justiça devido à condenação de oito anos por estupro contra a cunhada dele em 2010, que tem transtorno mental. Enquanto esteve na cadeia, de junho até terça-feira (2), a família descobriu que ele também tinha abusado da filha Letícia no ano passado.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS