close
logorovivo2

FORAGIDO: Filho de empresário é suspeito de matar homem por causa de farol de carro

Teria sido ele o responsável pela locação da camionete em locadora de VG; homem foi alvejado por reclamar de farol alto

LIVRE

22 de Novembro de 2018 às 16:00

FORAGIDO: Filho de empresário é suspeito de matar homem por causa de farol de carro

FOTO: (Divulgação)

A Polícia Judiciária Civil já tem informações sobre o homem que acompanhava o suspeito de ter assassinado o técnico de computação Fábio Batista da Silva, 41 anos, no domingo (18), em Rondonópolis (210 km de Cuiabá).

 

Maroan Fernandes Haidar Ahmed, de 18 anos, continua foragido, mas a polícia já tem conhecimento da identidade do outro rapaz que estava com ele na caminhonete. Ambos possuem residência no município.

 

Informações obtidas pelo LIVRE indicam que S. R. M. M, morador do bairro Jardim Tropical, estava na caminhonete e que seria ele o responsável pela locação do veículo, uma Amarok de cor branca, feita em uma locadora de Várzea Grande, dias antes do crime. Maroan estava sem CNH e por isso não pôde alugar o carro.

 

O assassinato ocorreu porque Fábio, que estava em uma lanchonete, foi pedir para o motorista da Amarok baixar o farol, que estava incomodando os clientes.

 

Segundo a Polícia, Maruan tem antecedentes pelos crimes de porte ilegal de arma de fogo (2 pistolas calibre  380 e mais de 60 munições) e também por embriaguez ao volante.

 

Depois do homicídio, o veículo foi abandonado no estacionamento do aeroporto de Rondonópolis. Encontrada pelos policiais, a Amarok foi guinchada à delegacia da cidade.

 

Segundo a Central de Tráfego Aéreo de Rondonópolis, três voos saíram no domingo, após o crime. Dois para Cuiabá, às 6h30 e às 7h, via Azul, e outro às 14h, para Bauru-SP pela empresa aérea Passaredo.

 

 

Prisão decretada

 

O jovem Maroan Fernandes Haidar Ahmed, de 18 anos, teve sua prisão decretada no domingo (19) pelo juiz Wanderlei José dos Reis, a pedido do delegado de Polícia Civil da 2ª Delegacia de Polícia (DP) Distrital da Vila Operária de Rondonópolis. Até o momento, encontra-se foragido.

 

Na madrugada do domingo (18), Maroan teria chegado a uma lanchonete na Avenida Lions Internacional, no bairro Vila Aurora, em Rondonópolis (210 km de Cuiabá). Como revelam imagens do circuito de câmeras da lanchonete, a vítima estava em uma mesa com amigos, quando uma Amarok de cor branca parou em frente ao estabelecimento, apontando o farol alto em direção às pessoas.

 

Incomodado, Fábio foi até o motorista, pediu para que ele baixasse o farol e os dois iniciaram uma discussão. Quando a vítima virou de costas para retornar à lanchonete, foi atingida por um tiro disparado pelo motorista da Amarok, que fugiu em seguida.

 

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, mas apenas constatou o óbito da vítima, que não resistiu ao ferimento.

 

A Polícia Civil segue nas buscas ao suspeito e divulgou cartaz pedindo informações sobre seu paradeiro. A delegada Ludmila Zorzetti está à frente das investigações.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS