close
logorovivo2

VÍDEO: Vereadora é sequestrada e corpo é encontrado na beira da BR

Sequestrada após assalto, vereadora de Bom Jesus é encontrada morta na BR-452

MAIS GOIÁS

3 de Dezembro de 2018 às 14:40

VÍDEO: Vereadora é sequestrada e corpo é encontrado na beira da BR

FOTO: (Divulgação)

Após assalto e consequente sequestro na noite de domingo (2), uma vereadora de Bom Jesus de Goiás foi encontrada morta dentro de seu carro, um Honda Civic, às margens da BR-452, na Região Sul do Estado. Roseli Aparecida de Oliveira (DEM), 55, foi rendida e tomada como refém por volta das 22h de domingo, quando abria o portão de sua casa para que seu filho estacionasse na garagem. De acordo com a Polícia Civil (PC), dois suspeitos foram presos e um deles, em vídeo, confessa o crime.

 

Na fuga, a dupla, que seguia com a vítima para Itumbiara no veículo roubado, perdeu o controle e se envolveu em um acidente. Ao sair do carro, um deles teria atirado contra a vítima sob o pretexto de que ela teria esboçado reação momentos antes da colisão. A mulher morreu no local. Natanael Cardoso dos Santos, 22, e Gilberto Alves da Silva, 26, detidos na manhã desta segunda-feira (3), foram conduzidos à delegacia da cidade, onde deverão participar de oitiva.

 

Conforme expôs o delegado Rogério Moreira, ambos serão autuados por latrocínio consumado e, se condenados, podem receber pena de 20 a 30 anos de reclusão. “Ainda não foram ouvidos, mas informalmente, a informação é de que um deles teria atirado contra a vítima. Porém, não presenciei perfurações. Ainda não há informações sobre eventuais registros criminais deles, porque estão sem documentos e ainda não tivemos como averiguar”.

 

O jornal teve acesso a um vídeo em que Gilberto confessa participação no crime e aponta Natanael como responsável pelo tiro. Apesar Assista:

 

 

 

Segundo Rogério, os detidos são de Itumbiara e estavam na cidade à procura de uma oportunidade para roubar um carro. “Foi quando perceberam que o portão da casa da vítima estava se abrindo e resolveram agir. Renderam a vereadora, colocaram ela no banco de trás e partiram em fuga. O filho dela, que estacionava seu carro em casa no momento do crime, ainda não foi ouvido”.

 

Este portal tentou, sem sucesso, contato na câmara do município.

 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS