close
logorovivo2

POLÊMICO: Ministro da Educação chama turistas brasileiros de 'ladrões' e canibais

Ele também defendeu o fim do sistema de cotas, da mensalidade nas universidades federais e a volta da 'educação moral e cívica'

O DIA

2 de Fevereiro de 2019 às 11:52

POLÊMICO: Ministro da Educação chama turistas brasileiros de 'ladrões' e canibais

FOTO: (Divulgação)

O ministro da Educação do governo Jair Bolsonaro, Ricardo Vélez Rodríguez, voltou a polemizar. Em entrevista à revista Veja, publicada na última sexta-feira, ele chamou turistas brasileiros de "ladrões" e canibais. Ele também defendeu o fim do sistema de cotas, mensalidade nas universidades federais e a volta da "educação moral e cívica". 

 

"O brasileiro viajando é um canibal. Rouba coisas dos hotéis, rouba o assento salva-vidas do avião; ele acha que sai de casa e pode carregar tudo. Esse é o tipo de coisa que tem de ser revertido na escola", falou, justificando a sua defesa do retorno da disciplina de educação moral e cívica. 

 

Sobre o sistema de cotas, ele disse que deveria ser "uma solução emergencial", mas que tudo no Brasil que é provisório "vira definitivo". "Essa é a lógica macunaímica brasileira. Isso não conduz a lugar nenhum. Temos de chegar ao momento de eliminar as cotas para dizer que elas não são mais necessárias porque elevamos o nível do ensino fundamental. De imediato, não vamos abolir as cotas, até porque me matariam quando eu saísse à rua. Mas as cotas têm de ser eliminadas com o tempo", falou.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS