close

DIFICULDADE: Cafu sofre com dívidas milionárias e tem imóveis penhorados

Empresa de propriedade do capitão do penta acumula prejuízos

SUPER ESPORTES

15 de Julho de 2019 às 17:12

DIFICULDADE: Cafu sofre com dívidas milionárias e tem imóveis penhorados

Aos 49 anos, Cafu é proprietário de uma empresa de agenciamento de altetas FOTO: (Carl de Souza/AFP)

 

Capitão da Seleção Brasileira no penta da Copa do Mundo de 2002, Cafu tem sofrido com dívidas milionárias e, recentemente, teria perdido cinco imóveis penhorados pelo Tribunal de Justiça de São Paulo. O não cobrimento de empréstimos e dívidas criadas pela Capi Penta International Player, empresa de agenciamento de atletas, que pertence ao ex-jogador de 49 anos e sua esposa, Regina, ainda teria causado a penhora de mais 15 imóveis do casal.

 

"É um problema particular meu. Posso dar meus imóveis, meu carro, minha casa, posso dar o que quiser como pagamento de dívida", disse o ex-lateral direito, em entrevista concedida ao jornal Folha de S. Paulo, responsável pela reportagem.



A Capi Penta é alvo de diversos processos, os quais são movidos por instituições como: a Vob Cred e seu diretor dministrativo Valentim Osmar Barbizan, que, juntos, cobram cerca de R$ 8 milhões; o banco ABC Brasil, que exige o pagamento de R$ 1 milhão; o Banco Industrial, que cobra R$ 6 milhões; e o Banco Santander, que também teria emprestado R$ 1 milhão sem ter sido reembolsado no prazo estipulado.


Ao todo, seriam 32 imóveis sob a posse do ex-atleta, entre apartamentos em São Paulo e Alphaville, uma casa em Barueri, uma no litoral, e diversos terrenos no interior paulista. Todos os bens em questão foram adquiridos na época em que Cafu ainda jogava.


 

 

Revelado pelo São Paulo, Cafu também acumulou passagens por Juventude, Palmeiras e Roma. O auge da carreira, porém, foi no Milan, clube no qual encerrou a carreira, ainda em 2008. Com 149 partidas, é o jogador que mais vestiu a camisa da Seleção Brasileira na história, tendo disputado três finais de Copa do Mundo consecutivas (1994, 1998 e 2002). Atualmente, desempenha funções executivas no futebol, participando dos comitês organizadores da Copa América 2019 e da Copa do Mundo de 2022, que será no Catar, como embaixador do evento no Brasil.

 

 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS