close

FEMINICÍDIO: Homem não aceita novo relacionamento da ex e a mata a facadas

Vizinhos chegaram a socorrer a mulher e levá-la ao Hospital Regional do Paranoá (HRPa), mas ela não resistiu aos ferimentos

METRÓPOLES

12 de Setembro de 2019 às 14:25

FEMINICÍDIO: Homem não aceita novo relacionamento da ex e a mata a facadas

FOTO: (Divulgação)

Uma mulher foi morta nesta quinta-feira (12/09/2019) com pelo menos duas facadas. Jhonnatan Neto, 36 anos, segundo informações da 6ª Delegacia de Polícia (Paranoá), é o suspeito de ter assassinado a ex-companheira Lilian Cristina da Silva Nunes, 25. O homem não aceitava o novo relacionamento da jovem. O crime aconteceu no Núcleo Rural Boqueirão, às 8h50.

 

De acordo com as investigações, o casal, embora separado, residia na mesma casa. O agressor não teria aceitado o fato de o novo namorado da mulher passar a noite com Lilian. Assim, logo pela manhã, Jhonnatan a abordou, brigou com ela e desferiu os golpes na perna e nas costas.

 

Um agente penitenciário que estava no local conteve o homem fazendo dois disparos para cima. Ele a levou ao Hospital Regional do Paranoá (HRPa) no próprio carro, mas ela não resistiu aos ferimentos. Em seguida, o agente retornou à chácara do crime e conduziu o assassino à delegacia. Jhonnatan foi autuado em flagrante.

 

Em seu depoimento, o homem confessou o crime. Disse que ficou preso sete anos por roubo e teria conhecido Lilian há cerca de um ano. Mas, segundo o agressor, eles ficaram juntos por apenas quatro meses. Pontuou ainda que, há 15 dias, terminaram o relacionamento.

 

A princípio, o caso está sendo investigado como feminicídio. Segundo dados da Secretaria de Segurança Pública no DF, de janeiro a agosto deste ano, foram registrados 19 feminicídios na capital do país.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS