close
logorovivo2

Armandinho emociona ao assumir vício em celular: 'Cheguei no limite'

"Meus olhos foram destruídos, minha ansiedade piorou", disse o cantor

NOTICIASAOMINUTO

16 de Maio de 2018 às 17:36

Armandinho emociona ao assumir vício em celular: 'Cheguei no limite'

FOTO: (Divulgação)

Antes de dizer adeus ao seu smartphone e às redes sociais, Armadinho foi ao Instagram fazer um desabafo e uma revelação: o cantor é viciado no celular. No seu texto, ele explicou que "chegou ao limite" e que a partir de agora apenas usará um telefone convencional, simples, como os antigos.

 

"Acho extremamente brega as pessoas se unirem nos restaurantes e depois de minutos se abandonarem mesmo continuando juntas. Acho extremamente burro, as pessoas viajarem e ao invés de contemplar a paisagem, ficarem jogando joguinhos. Acho extremamente perigoso dirigir ao volante no WhatsApp , acho triste sermos escravizados como nos filmes, algemados sem ter algemas, e pagar 7000 mil reais pra ser preso", escreveu o cantor. 

 

"Meus olhos foram destruídos, minha ansiedade piorou. E assim como o álcool na minha vida, o Smartphone me destrói e faz com que ao invés de estar escrevendo e tocando violão, esteja usando meu tempo criativo pra imaginar sentimentos e julgar coisas que nem sempre são reais na vida dos outros. Usarei a partir de agora este telefone convencional e uma câmera Go Pro pra viajar e mais nada. Mando as fotos e os textos para o escritório e eles postam pra mim. Não quero dizer se é certo ou errado. Cada um faz o que achar melhor da sua vida. Desculpem o desabafo, mas cheguei no limite dessa loucura toda. Sou Viciado em Smartphone. Não quero mais. “Não tenho mais WhatsApp”, mandem mensagens SMS. Valeu", finalizou.

 

Nos comentários, muitos seguidores mostraram apoiar a atitude do artista. "Estou quase adotando. Melhor solução pra menos dores de cabeça e viver mais", escreveu um internauta. 

 

Armadinho ficou famoso no Brasil inteiro com o hit 'Desenho de Deus'.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS