close
logorovivo2

ENTENDA: Templo satânico vai processar Netflix pela série: 'O Mundo Sombrio de Sabrina'

Razão seria o uso de uma estátua que representaria o Dark Lord ("Senhor das Trevas") na série, que se assemelha à usada pelo templo

FOLHAPRESS

1 de Novembro de 2018 às 16:31

ENTENDA: Templo satânico vai processar Netflix pela série: 'O Mundo Sombrio de Sabrina'

FOTO: (Reprodução)

Anova série da Netflix, "O Mundo Sombrio de Sabrina", está sob ameaça de ação legal do "The Satanic Temple" (em tradução do inlglês, "O Templo Satânico"). A razão seria o uso de uma estátua que representaria o Dark Lord ("Senhor das Trevas") na série, que se assemelha à usada pelo templo.

 

O co-fundador da organização satânica, Lucien Greaves, disse que o monumento em homenagem a Baphomet, um deus pagão representado com uma cabeça de carneiro e corpo humano, teria sido apropriado pela série e, por isso, tomará ações legais contra a rede de streaming.

 

"Enviamos [à Netflix] uma carta de nossos advogados os informando sobre a violação de direitos autorais, solicitando que tirassem a imagem do programa", afirmou Greaves em entrevista ao site de notícias americano The Wrap.

 

A estátua a qual ele se refere aparece em diversas cenas de "O Mundo Sombrio de Sabrina", dentro da academia de bruxas para a qual a personagem Sabrina vai, após completar 16 anos. Na escola mágica, o Senhor das Trevas é homenageado e visto como um deus.

 

Em outra entrevista, para o jornal americano SF Gate, Greaves acusou a série por promover um "pânico satânico ficcional" e disse que o uso da estátua pode passar uma imagem errada de sua organização. "É angustiante ter que se preocupar com a associação que as pessoas podem fazer ao ver o monumento sem saber em que ele realmente foi inspirado."

 

Ele também disse em outro tuíte estar surpreso pelas pessoas questionarem a ação legal que a organização está tomando, e perguntou se elas ficariam surpresas se fosse um programa fictício usando imagens de uma mesquita real como se fosse um QG de terroristas. Com informações da Folhapress.

 

 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS