close
logorovivo2

Denúncia de Escola de Samba pode resultar na extinção do grupo de acesso em 2019

Escola de Samba Armário Grande informa que a Fesec vai rever a situação no qual pode ter prejudicada a agremiação

RONDONIAOVIVO

1 de Março de 2018 às 15:30

Denúncia de Escola de Samba pode resultar na extinção do grupo de acesso em 2019

O carro da discórdia da Escola Acadêmicos da Zona Leste FOTO: (Divulgação)

Após o Rondoniaovivo ser procurado pelo Presidente da Escola de Samba Armário Grande, Inácio Pereira Campos Neto e por Antônio das Chagas Campos, popular “Cabeleira”, Diretor de Carnaval da mesma agremiação, a Federação das Escolas de Samba (Fesec) se manifestou junto à agremiação pelo atual presidente Hudson Mamedes.

 

O desfile ocorrido no último dia 24 no Parque dos Tanques, contou com seis escolas. Grupo Especial: Asfaltão (Vencedora deste ano), Império do Samba (Vice-Campeã), São João Batista (3º Lugar) e Diplomatas que foi rebaixada para o grupo de acesso. Com isso a Escola Acadêmica da Zona Leste, denunciada pelo Armário Grande, sobe para o Grupo Especial de 2019.

 

Após a denúncia de irregularidade nas fantasias da bateria e o questionamento do critério do julgamento para carros alegóricos, a Fesec estuda extinguir o Grupo de Acesso, promovendo todas agremiações para o Grupo Especial em 2019. “Agora é esperar para que a justiça seja feita e se subirmos para o grupo especial seria o correto, pois merecemos e todos viram nossa escola na avenida”, comenta Cabeleira.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS