close
logorovivo2

Confira a coluna "Lenha na Fogueira", por Zékatraca

Boto Rock Festival primeiro de uma série e Plano de Desenvolvimento Turístico para capital apresentado ao Conetur.

ZÉKATRACA

25 de Abril de 2018 às 08:12

Confira a coluna "Lenha na Fogueira", por Zékatraca

FOTO: (Zékatraca)

Diacho de ano invocado é esse de 2018! O bicho veio pra lascar com a geração de 1946. Graças a intervenção de Deus todo mundo está escapando.

********

 

Começou comigo, passando mal em meados do mês de janeiro, quando passei mal em pleno gozo de férias na cidade Maravilhosa. Voltei correndo pra casa (Porto Velho) e graças as amizades, terminei por ser submetido a procedimento de colocação de “Ponte de Safena” no hospital São Lucas em Cascavel (PR). Hoje estou em ótima recuperação.

*******

 

Semana passada, fui surpreendido com a notícia de que meu amigo Chagas Neto estava internado em uma UTI, procurei saber os detalhes e fiquei sabendo que o negócio foi e não está sendo fácil. Chagas Neto até então, estava candidato a candidato a uma cadeira de deputado estadual na Assembleia Legislativa. Antes de mais nada meu amigo, o negócio é cuidar da saúde. Espero que Chagas Neto saia logo dessa e volte a defender e lutar pelo progresso do nosso estado de Rondônia, pois assim são os pioneiros e Chagas Neto é PIONEIRO. Plagiando Sérgio Pires: Volta logo Chagas.

********

 

Pra completar, recebi um telefonema do Flávio Daniel meu amigo carnavalesco, que andava sumido desde o carnaval, dizendo que sua ausência nos eventos culturais e nas redes sociais, havia sido provocada por uma queda, que machucou gravemente sua cabeça (cérebro). Flávio foi submetido a cirurgia e agora Graças a Deus, está em recuperação. “Só não posso pegar muito sol”. Domingo ele já apareceu no Café dos Pobres Caiari e assim a rotina está voltando ao normal. Boa recuperação meu amigo. O interessante, é que o Flávio foi operado no dia que estava completando 72 anos de idade, 10 de abril.

********

 

Sabe o que os três casos, tem em comum? É que todos foram da escola de samba Pobres do Caiari e mais, estiveram a frente no desfile de 1984, cujo enredo foi “Ceará, Lendas, Rendas e Crenças” mais conhecido como “Ceará de Iracema”. Chagas Neto como patrono da escola; Sílvio Santos um dos compositores do samba e Flávio Daniel um dos autores do enredo e Mestre Bateria da escola e mais, os três nasceram em 1946. Sai pra lá “urucubaca”!

*******

 

Na onda da mudança de governador, saiu Confúcio e entrou Daniel, fiquei prestando atenção em como algumas pessoas, não estão nem aí pra esse negócio de ser ou não gestor público. O negócio, é estar no cargo e ganhando o vencimento de secretário além do status.

********

 

Não sei se minha índole aceitaria assumir um cargo público, apenas pelo status e o vencimento. Isso acontece com muitos que hoje estão no governo. Tem o cargo “fanta”, pois não mandam nada. Não são capaz de nomear nenhuma pessoa de sua confiança. Tudo vem de cima, foi indicado pelo deputado tal ou pelo amigo do governador e até mesmo por ele o governador. Só não é indicado pelo titular da pasta, pois, esse não tem moral para nomear ninguém, é fantoche do sistema e nada mais.

********

 

Talvez seja adepto do dito popular que diz: “Manda quem pode e obedece quem tem juízo” e assim, o tempo vai passando e a grana entrando na conta. Pra que se preocupar com nomeação de auxiliar.

*******

 

Assim lembrei de uma história que se passou com o saudoso jornalista Edinho Marques que à época, era repórter de uma emissora de TV local. No governo do Teixeirão ele Edinho, vivia elogiando o governador etc. Quando o Jerônimo assumiu o governo, ele passou aelogiá-lo sem nenhum constrangimento. Foi aí que o Manelão o chamou e passou-lhe um “esbrega” daqueles que não se passa nem em cachorro.

*******

 

Depois de alguns minutos, Edinho perguntou! Já acabou Manelão? Pois fique você sabendo, que eu nunca fui contra o governo, vocês é que mudam eu não, sou fiel ao governador de plantão!

*******

 

Pano por favor!

 

Boto Rock Festival primeiro de uma série

 

O festival Boto Rock provou no último final de semana, que Porto Velho, é a capital da diversidade musical do Brasil. O Parque da Cidade apesar da chuva que caiu na noite de sexta feira 20, recebeu um público surpreendente, provando que quando se gosta de um ritmo, não tem tempo ruim. A equipe da Funcultural comandada pelo Ocampo Fernandes estava deveras satisfeita com a quantidade de espectadores que prestigiaram as bandas que se apresentaram na noite de abertura.

 

Beradelia e Semaforo 89 na opinião de muitos, se destacaram entre as demais, a Beradelia liderada pelo guitarrista, compositor e cantor Altomar – Bode colocou a gurizada na roda pra dançar ao som de músicas autorais cujas letras falam das nossas coisas em meio a protestos próprios dos roqueiros. A Semaforo 89 apresentou um repertório baseado nos sucessos dos anos 1980 e colocou a juventude e os saudosistas a tirar a mão da cintura. De vez em quando, a chuva insistia em dar o ar de sua graça temperando a energia dos presentes, as bandas se reversando nos dois palcos e o publico dançando na grama. Foi a primeira noite do Boto Rock Festival.

 

O líder da banda “Pognoise” Alessandro Amorim postou nas redes sociais um artigo sobre o Boto Rock Festival leia em sua página do face. Desse artigo transcrevemos a parte final, para os leitores terem idéia do que foi o 1º Boto Rock Festival promovido pela prefeitura tarvés da Funcultural: Escreve Alessandro Amorim: … Não se viu uma confusão qualquer durante todo o evento. Se houvesse, certamente todos estariam seguros, pois a presença da polícia e dos bombeiros militar e civil certamente transmitiu para o público em geral a sensação de segurança que todos sempre querem. Todos puderam aproveitar os dois dias de festival com a tranquilidade de quem quer, apenas, se divertir, assistindo às suas bandas favoritas e com a possibilidade de conhecer novos trabalhos autorais. Por sinal outro mérito: um evento desse porte deu voz a 25 trabalhos autorais, que geralmente não têm muita possibilidade de se mostrarem.

 

Outra grande façanha do festival: todos os expectadores tiveram a chance de conhecer bandas novas, fazendo assim que o festival tenha contribuído para a velha, boa e sempre necessária formação de novo público. Até mesmo as bandas tiveram a chance de conhecer outras bandas. A interação e integração aconteceram de forma a deixar qualquer músico esperançoso pelos Boto Rock Festival 2019, 20, 21... Como colocado por alguns músicos, o festival PRECISA entrar para o calendário oficial de eventos da cidade, como política pública de cultura, independentemente de quem entre e quem saia dos diversos cargos públicos de que dependem a realização de um evento desse porte. O Estado e o Brasil precisam saber que em Porto Velho existe um Festival de Rock, promovido pelo poder público, onde as bandas podem mostrar seus trabalhos autorais.

 

Parabéns ao Ocampo Fernandes por ter tido uma ideia que, ainda que pareça básica, quase nunca é posta em prática: Montar uma comissão de organização com pessoas que realmente sabem o que é e como funciona o Rock. Só assim foi possível juntar uma equipe que demonstrou o – novamente – respeito a todos. A Funcultural organizou um evento de rock com assessoria de quem faz rock. Tenho certeza de que esse foi um, se não o principal, motivo do sucesso do nosso (agora ele é meu também) Boto Rock! Alessandro Amorim.

 

CONETUR

 

Plano de Desenvolvimento Turístico para capital apresentado ao Conetur

 

O Plano de Desenvolvimento Turístico para Porto Velho foi apresentado ao Conselho Empresarial de Turismo (Conetur) na sexta-feira (20), no auditório da Fecomércio, pela Subsecretaria Municipal da Indústria, Comércio, Turismo e Trabalho (Semdestur). O plano inclui ações de curto, médio e longo prazo.

 

O plano foi exposto aos convidados pela gerente de Projetos da Semdestur, Lidiane Bandeira. Além do planejamento turístico, foi apresentado ainda, durante a reunião, o projeto “Porto Velho Sport Fishing”, campanha idealizada pela Conetur visando fomentar o turismo de pesca na capital.

 

Lançamento - curso

 

Associado à campanha de divulgação, a Conetur está promovendo, no Senac, o curso de formação de condutores de pesca destinadoaos profissionais que fazem o receptivo aos turistas que chegam à cidade de Porto Velho. A formatura dos alunos será dia 11 de maio, data que será lançada também a campanha “Porto Velho Sport Fishing”.

 

Para participar do lançamento, o Conselho está trazendo o pescador profissional Nelson Nakamura, que possui mais de 30 anos de experiência na pesca esportiva. Ele abordará as potencialidades desse segmento turístico, um dos que mais cresce no mundo.

 

Conhecido nas redes sociais pelo trabalho que desenvolve, Nelson Nakamura tem canal voltado para o turismo de pesca com milhares de seguidores. Ele oferece também cursos, palestras, workshops e produtos elaborados para atender os mais diversos públicos na área da pesca no Brasil e no mundo.

 

MTur

 

O Ministério do Turismo (MTur) também participou da reunião na sexta-feira, representado por um grupo de técnicos que vieram a Porto Velho apresentar o novo Cadastro Nacional de Pessoas Físicas e jurídicas que atuam na área de turismo.

 

Comprometimento

 

“A Semdestur está comprometida, de acordo com as diretrizes do prefeito Hildon Chaves, em desenvolver o turismo de pesca e o turismo ecológico, fazendo com que Porto Velho receba turistas de outros estados e de outros países gerando, assim, emprego e renda”, destacou Júlio César, subsecretário de Turismo.

 

Para isso, o gestor da Semdestur afirmou que a secretaria está investindo na construção de um site e de uma página nas redes sociais com o intuito de divulgar o turismo local e, dessa forma, alcançar um número de maior de pessoas com os produtos que serão oferecidos pelo Município.

 

Conselho

 

O Conselho Empresarial de Turismo reúne as entidades representativas do setor turístico em Rondônia: Abav, Semdestur, Setur, Abrasel, Sebrae, Senac, Sescoop e Sesc.

Confira a coluna "Lenha na Fogueira", por Zékatraca
Confira a coluna "Lenha na Fogueira", por Zékatraca

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS