close
logorovivo2

FLOR DO MARACUJÁ: Confira a coluna "Lenha na Fogueira", por Zékatraca

A Federon convida todos os órgãos de imprensa, televisiva, escrita, falada e virtual para a abertura do 37º Arraial Flor do Maracujá

ZÉKATRACA

28 de Julho de 2018 às 08:22

FLOR DO MARACUJÁ: Confira a coluna "Lenha na Fogueira", por Zékatraca

Junina Matutos do Socialista se apresentou na noite da última sexta, 27, pelo grupo de acesso. FOTO: (Zékatraca)

Esse negócio de querer ganhar no grito já não cola. Estou me referindo a ameaça postada pelo particular amigo (do Silvio Santos), Paulo Andreoli do site Rondoniaovivo, que postou na sua conta do face o seguinte:

 

**********

 

EXCLUSIVO: “Somente os escolhidos vão poder filmar. Parabéns Daniel Pereira. Deste modo se democratiza a cultura rondoniense”.

 

*********

 

Paulo está se referindo ao Arraial Flor do Maracujá.

 

**********

 

Sabe por que estou contra essa postagem? Porque sou da diretoria da Federon como Diretor de Comunicação e posso afirmar, que jamais o Andreoli nos procurou para saber o que estava acontecendo ou está acontecendo a respeito da realização do Flor do Maracujá.

 

*********

 

Sem saber da missa o terço, ele coloca o nome do Daniel Pereira no seu post e ainda ameaça.

 

*********

 

Meu amigo Paulo Andreoli se você tivesse nos procurado como diretor de comunicação da Federon, com certeza não publicaria o que publicou.

 

*********

 

Você ficaria sabendo que a Mostra de Quadrilhas e Bois Bumbás – Arraial Flor do Maracujá, desde o ano de 2014, deixou de ser um evento coordenado pelo governo do estado de Rondônia e passou para o comando da Federação de Grupos Folclóricos de Rondônia – Federon.

 

*********

 

Isso aconteceu durante reunião, coordenada pelo então Procurador do MP DR. Heverton Aguiar na qual compareceram, todos os órgãos que de uma maneira ou de outra, têm a ver com a realização do Arraial Flor do Maracujá.

 

***********

 

Só para citar alguns Secel (Sejucel), Corpo de Bombeiros, Semusa, Sesau, Eletrobras, Policia Militar de Rondônia, Semusp, Semtran, Detran, Caerd, entre outros.

 

**********

 

Ali ficou decidido e assinado, o que cada um teria que fazer pela realização do Arraial Flor do Maracujá.

 

*********

 

Inclusive, um dos pontos aprovado foi que o governo do estado se obrigava a contratar e fazer constar do contrato a instalação de arquibancadas, sonorização e iluminação artística assim como montagem do palco e tendas.

 

**********

 

A prefeitura ficou responsável pela limpeza da área (Parque dos Tanques) e entorno: rua Lauro Sodré inclusive, coordenando o estacionamento da rua.

 

**********

 

A Eletrobrás pela instalação de rede energia (posteamento etc), dentro do Parque, enfim, cada um na sua especialidade.

 

**********

 

A Federon a partir de então, assumiu a direção do Flor do Maracujá se responsabilizando pela sua organização e realização. Desobrigou também o governo de fazer repasse financeiro aos grupos folclóricos.

 

*********

 

Na realidade, a ultima vez que os grupos folclóricos receberam recursos para a montagem de suas apresentações no Flor, foi no primeiro ano do governo Confúcio Moura. Depois disso, nada.

 

*********

 

Por isso meu amigo Andreoli, o Flor do Maracujá é de responsabilidade da Federon e não do governo estadual. Por isso o governador Daniel Pereira não tem nada de ser cobrado sobre quem vai transmitir ou não as apresentações no 37º Arraial Flor do Maracujá.

 

*********

 

E mais, qualquer empresa de comunicação está liberada para fazer a cobertura jornalística do Flor do Maracujá, é só solicitar a credencial. Todas as empresas de comunicação serão bem vindas.

 

**********

 

Acontece que transmitir as apresentações ao vivo, só a RedeTV-RO está autorizada.

 

**********

 

Tem um detalhe, a RedeTV-RO não está pagando e nem recebendo nenhum tostão pela exclusividade, existe apenas um acordo de parceria para o futuro.

 

**********

 

Não custa nada nos procurar ou consultar, para saber sobre o Flor do Maracujá. O contato é (69) 9 9302-1960.

 

**********

 

A Federon convida todos os órgãos de imprensa, televisiva, escrita, falada e virtual para a abertura do 37º Arraial Flor do Maracujá, as 19h30, desta sexta feira dia 27 de julho, na Cidade da Cultura (Parque dos Tanques) em Porto Velho/RO.

 

 

 

Começou na última sexta feira:

Arraial Flor do Maracujá

 

A XXXVII Mostra de Quadrilhas e Bois Bumbás – Arraial Flor do Maracujá começa na noite da última sexta feira 27, na Cidade da Cultura (Parque dos Tanques) as 19h30.

 

A festa folclórica de Rondônia logo em sua abertura, vai reunir cinco grupos de quadrilhas juninas,  disputando o direito de no próximo ano de 2019, se apresentar pelo grupo Especial.

 

De acordo com a coordenação de Concentração da Federon o primeiro grupo deve entrar na arena de dança, logo após a fala das autoridades e a apresentação do grupo de Carimbó convidado para abrilhantar a solenidade de abertura do Arraial. “Tudo isso deve acontecer em apenas 30 minutos” informa o responsável pela programação Delídio Pinheiro.

 

O grupo folclórico sorteado para abrir o 37º Arraial Flor do Maracujá foi a quadrilha junina Arrastapé de Ariquemes que vem do município de Ariquemes; Em seguida dançam: Nova Junina do Orgulho; Jucadiro; Coração Dourado e Matutos do Socialista.

 

Dessas cinco, apenas duas serão classificadas para subir para o Grupo Especial.

 

 

JURADOS

 

A Comissão Julgadora será composta de 05 (cinco) pessoas escolhidas pelo presidente da comissão julgadora. Os julgadores terão que avaliar e conferir notas de 08 (oito) a 10 (dez) pontos, nos quesitos em Julgamento das Quadrilhas Juninas do Grupo Especial, Acesso podendo fracionar: (8,1; 8,6; 8,75; 9,75; 9,9 etc).

 

 

QUESITO EM JULGAMENTO

 

 

01: Originalidade e característica estruturais de uma quadrilha (coletivo).

 

02: Animação e evolução do grupo (coletivo).

 

03: Coreografia e evolução dos passos (coletivo)

 

04: Organização da apresentação (coletivo)

 

05: Criatividade (coletivo)

 

06: Padre e Sacristãos (coletivo)

 

07: Juiz e Escrivão

 

08: Guarda

 

 09: Lampião e Maria Bonita

 

10: Marcador

 

11: Caçador

 

12: Seringueiro

 

13: Casal de Velho

 

14: Casal de Noivos (coletivo).

 

 

 

Diario da Amazônia e RedeTV-RO na cobertura do Flor do Maracujá

 

O Sistema Gurgacz de Comunicação – SGC através do jornal impresso e virtual Diário da Amazônia e RedeTV-RO canal 17, farão a cobertura da XXXVII Mostra de Quadrilhas e Bois Bumbás – Arraial Flor do Maracujá, todas as noites, ou seja, de 27 de julho a 5 de agosto. “Fomos procurados pela direção da Federon no sentido de transmitirmos ao vivo, o evento e concordamos, até porque, a filosofia do SGC é valorizar as coisas produzidas no estado de Rondônia. Quem acompanha nossa programação percebe que transmitimos tudo quanto é evento que acontece, em especial na capital Porto Velho, desde um campeonato de várzea até os grandes eventos sociais”, informou o diretor Lubiana.

 

O mesmo acontece com o Diário da Amazônia que cobre o Flor do Maracujá desde 1994 através da coluna do Zekatraca e há alguns anos, contando com a parceria do repórter fotográfico Roni Carvalho. O material registrado pelas lentes do Roni serão divulgados no Portalwww.diariodaamazônia.com.br/coberturadeeventos.

 

O presidente da Federon Fernando Rocha a respeito da parceria com o Grupo SGC foi enfático. “Quando procurei o Lubiana para saber da possibilidade da RedeTV fazer a transmissão ao vivo do Flor do Maracujá, foi porque nos últimos anos, eles sempre marcaram presença, sem nos exigir nada. Lubiana concordou em nos ajudar a transformar o Flor do Maracujá, num produto comercial auto sustentável, na realidade, o objetivo é nos ajudar a deixar de depender do governo estadual para realizarmos a festa. Ao contrário do que um determinado empresário dono de um site publicou nas redes sociais, a RedeTV-RO não está recebendo nada para fazer a cobertura do Flor e mais, a exclusividade deles, é apenas na transmissão ao vivo, as demais mídias serão muito bem recebidas, para produzirem suas reportagens na arena de apresentação dos grupos folclóricos e no Arraial como um todo”, disse Fernando Rocha lembrando. “A Federon não recebeu nenhum recurso financeiro do governo do estado ou da prefeitura de Porto Velho, para falar a verdade, o governo do estado colocou apenas as arquibancadas, palco, som e luz, isso faz parte do TAC firmado em 2014 com o  Ministério Público.  O único recurso que a Federon repassou aos grupos, foi o Patrocínio da empresa Marquise no valor de R$ 200 Mil”, finalizou.

FLOR DO MARACUJÁ: Confira a coluna "Lenha na Fogueira", por Zékatraca

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS