close
logorovivo2

DEMOCRATIZAÇÃO: Novo gestor da Funcer quer artistas locais com a mesma visibilidade dos nacionais

Fabiano Barros assumiu esta semana a Fundação Cultural de Rondônia

RONDONIAOVIVO

19 de Setembro de 2018 às 16:31

DEMOCRATIZAÇÃO: Novo gestor da Funcer quer artistas locais com a mesma visibilidade dos nacionais

FOTO: (Divulgação)

A Fundação Cultural de Rondônia(Funcer) está sob nova gestão. O governador Daniel Pereira nomeou para comandar a instituição, o produtor cultural Fabiano Barros. A Funcer é responsável pela administração do Teatro Palácio das Artes, Teatro Guaporé e Teatro de Ariquemes, Casa de Cultura Ivan Marrocos, Museu da Memória Rondoniense e Biblioteca Pontes Pinto.

 

O novo gestor em entrevista ao Rondoniaovivo disse que as primeiras medidas na Funcer são levantar as dificuldades da instituição e fazer o que quer o governador. “Ele pediu que democratizássemos esses espaços públicos. Queremos que o povo entre e o que artista local tenha a mesma visibilidade de artista nacional. Além de seguir as regras desses espaços que são fiscalizados pela sociedade e por órgãos, como o Tribunal de Contas”, explicou.

 

Ele lembrou que a burocracia no Brasil dificulta a atuação do Estado no momento de trabalhar a cultura. Fabiano disse que algumas vezes, alguns setores públicos ficam sem materiais básicos devido a morosidade.

 

“Muitas vezes não falta dinheiro, mas um processo licitatório pode levar de três a quatro meses. A burocracia é algo que está sendo discutida a nível nacional. Muitas vezes, ela é confundida com a irresponsabilidade ou incapacidade de um gestor. Mas é burocracia pura”, declarou.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS