close
logorovivo2

Evento cultural marcará o centenário de nascimento da professora Marise Castiel

Além de educadora, a professora inovou com a criação de enredos e fantasias carnavalescas

RONDONIAOVIVO - EDIÇÃO

31 de Outubro de 2018 às 13:10

Evento cultural marcará o centenário de nascimento da professora Marise Castiel

FOTO: (Divulgação)

Uma ampla programação cultural marcará o centenário de nascimento da professora Marise Magalhães da Costa Castiel nesta segunda-feira,5, às 19h30, na Casa de Cultura Ivan Marrocos. Terá uma sessão especial da Academia de Letras de Rondônia (Acler), da qual a professora era patrona da cadeira 37. A educadora será homenageada também pela Liga das escolas de Samba de Porto Velho e pelos antigos integrantes da Escola de Samba Pobres do Caiari.


 

A professora Marise Castiel, como era conhecida, está intimamente ligada à implantação da Educação em Rondônia, ainda na época do Território do Guaporé, quando aqui chegou em 1947, com o marido Jaime Castiel, a convite do então prefeito de Porto Velho, Carlos Augusto Mendonça.


 

Fundadora da Escola Normal do Guaporé, hoje Instituto Carmela Dutra, da qual foi a primeira diretora, Marise Castiel foi vereadora, carnavalesca, folclorista e animadora cultural. Como Diretora de Ensino do Território, cargo equivalente hoje a Secretário de Estado, construiu grande parte das escolas antigas existentes em Porto Velho, incluindo os distritos e a região ribeirinha (lembrando que o município de Porto Velho abrangia toda a região do atual estado e Rondônia, exceto Guajará-Mirim).


 

Como carnavalesca da Escola de Samba Pobres do Caiari, Marise Castiel inovou com a criação de enredos e fantasias que encantavam a população porto-velhense. Na política foi vereadora e candidata a deputado estadual. Fez parte do grupo que trabalhou para a elevação do Território à categoria de Estado.


 

Programação


 

Segundo o acadêmico Samuel Castiel, a solenidade em homenagem ao centenário da professora Marise Castiel será dividida em três partes, com abertura pelo presidente da Academia de Letras de Rondônia, Francisco Chagas da Silva. Em seguida a saudação de autoridades presentes e, em nome da Acler, pronunciamento do acadêmico Adaídes Batista. A acadêmica Mariza Castiel de Carvalho, filha da homenageada, falará em nome da família.

 

Em seguida haverá a homenagem de alunos do Instituto Estadual de Ensino Carmela Dutra; apresentação de coral entoando o arranjo original do hino “Céus de Rondônia” e do samba preferido pela professora Marise Castiel. Ao final haverá a homenagem pela Liga das Escolas de Samba de Porto Velho e dos antigos integrantes da Escola de Samba Pobres do Caiari.


 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS