close
logorovivo2

INCENTIVO: Confira a coluna "Lenha na Fogueira", por Zékatraca

Segunda feira, 05, é dia da Cultura

ZÉKATRACA

3 de Novembro de 2018 às 10:50

INCENTIVO: Confira a coluna "Lenha na Fogueira", por Zékatraca

FOTO: (Assessoria)

Governo realizará entrega de recursos a artistas premiados pelos editais de fotografia, literatura e música.

 

***********

 

Na oportunidade de celebrar o dia da cultura, dia 5 de novembro, o governo do estado de Rondônia, por meio da Superintendência Estadual da Juventude, Cultura, Esporte e Lazer (SEJUCEL) estará realizando, cerimônia de entrega dos recursos que envolvem os prêmios de fomento e incentivo à cultura: Danna Merril de Fotografia, Literatura Rondoniense e Rondônia Autoral de Música.

 

**********

 

O evento será realizado no salão nobre Rosilda Shockness, segunda feira dia 05 de novembro, às 8 h, no 11° andar do edifício Pacaás Novas no Palácio Rio Madeira. Com a presença do Governador Daniel Pereira, o Superintendente estadual de Cultura Esporte e Lazer, Rodnei Paes, além de autoridades e produtores culturais do estado.

 

*********

 

Apresentações de artistas locais fazem parte da programação do evento, tais como Marfisa França de Jaru e Marcos Biesek de Ariquemes.

 

*********

 

Os editais foram lançados e realizados pela Sejucel com objetivo de promover e apoiar a produção e difusão da cultura, por meio da destinação de recursos. O intuito é fomentar os projetos de artistas independentes e pessoas jurídicas, com objetivo de mostrar a expressão artística e cultural do estado.


 

Em outra entidade:

 

**********

 

Programa de Extensão Dartes (em)Cena: teatro, política e sociedade, do Departamento de Artes/Teatro da Fundação Universidade Federal de Rondônia (UNIR) divulga a abertura da temporada de apresentações do espetáculo teatral “Inimigos do Povo”. A estreia da peça será amanhã sábado, dia 3 de novembro, às 20 h, no Teatro Guaporé, em Porto Velho.

 

**********


Os ingressos são gratuitos e poderão ser retirados uma hora antes da apresentação. A classificação etária do espetáculo é 14 anos. As demais apresentações ocorrerão em 4, 6 e 25 de novembro e em 6 de dezembro.

 

*********

 

O espetáculo Inimigos do Povo - Trupe dos Conspiradores, livremente inspirado na obra Um Inimigo do Povo, de Henrik Ibsen, foi contemplado pelo Prêmio de Teatro Jango Rodrigues – 2017 e tem o apoio do Governo do Estado de Rondônia e da Sejucel.

 

*********


A peça e resultante das pesquisas realizadas desde março de 2017 dentro de várias disciplinas do Curso de Licenciatura em Teatro da UNIR, o espetáculo se tornou a principal investigação empreendida junto ao Projeto de Extensão Trupe dos Conspiradores, com coordenação do professor doutor Luciano Oliveira.

 

*********

 

Esse projeto, atualmente, é uma das ações do Programa de Extensão Dartes (em)Cena: teatro, política e sociedade. Ao todo, são quase 30 envolvidos no processo de montagem, entre docentes, discentes e técnicos administrativos do Curso de Teatro e discentes dos cursos de Música e Artes Visuais da Unir.

 

*********

 

Até que o final do governo Daniel Pereira, pelo menos para a cultura, está sendo melhor do que se esperava.

 

*********

 

Segunda feira, 05, dia da Cultura a turma que foi classificada nos editais, vai botar a mão na bufunfa. Isto quer dizer que a SEJUCEL vai terminar o ano em dia com a classe artística.

 

*********

 

Outro saldo positivo para o movimento cultural, é que o Duelo na Fronteira de 2019, que acontece em Guajará Mirim entre os bois Flor do Campo e Malhadinho, está praticamente garantido.

 

*********

 

Ontem a Comissão que está tratando do assunto ad ministração dos Centros Culturais que estão prontos e deve ser inaugurado ainda este ano. Além da manutenção do Bumbódromo.

 

********

 

Praticamente bateu o martelo, na decisão de como e quem poderá administrar o Complexo Cultural que envolve o Bumbódromo e os Centros Culturais de Guajará Mirim.

 

********

 

Se tudo acontecer como o previsto na reunião da comissão. O Duelo na Fronteira voltará a partir de 2019.

 

Os Diplomatas do Samba

Apresenta samba para 2019


 

A escola de samba Os Diplomatas a mais antiga de Rondônia e de parte da região Amazônica, vai apresentar a partir das 16 horas, deste sábado dia 3 (amanhã), o samba enredo que vai ser cantado na passarela do samba “Edson Fróes”, no carnaval de 2019, cuja letra é baseada na história da própria escola, que completa 60 anos de fundação domingo dia 4 deste mês. “O Samba não é só isso que se vê… É um pouco Mais – Diplomata 60 anos”, é o tema da vermelho e branca para o próximo carnaval.

 

A direção da escola encomendou osamba da parceria B ainha, Oscar e Zé Baixinho que convidou o Sandro Andrade e o Nilson do Cavaco para trabalhar a harmonia e o arranjo do hino que vai, tentar levar a Diplomatas de volta ao grupo Especial das escolas de samba da Fesec.

 

 

O evento vai acontecer na praça São José do bairro Mocambo e contará com show da Bateria, apresentação moficial do samba de enredo e apresentação do grupo de samba Camisa Vermelha e Branca.

 

Por se tratar de show de rua não será cobrado ingresso. O presidente Jair Monteiro disse que os integrantes da diretoria da escola foram unânimes ao aprovar a composição do Trio de Ouro. “Temos certeza que o samba do Bainha, Oscar e Zé Baixinho vai levantar a galera na passarela do samba e levará a nossa escola, de volta à elite do samba de Porto Velho”, disse Jair Monteiro. Acompanhe a letra do samba da Diplomatas para o carnaval de 2019:

 

 


 

O Samba não é só isso que se vê… É um pouco Mais – Diplomata 60 Anos

 

De: Bainha/Oscar/Zé Baixinho

Arranjos: Sandro Andrade e Nilson do Cavaco -


 

Diplomatas!... 60 anos de glória

Tua linda história eu vou contar

Nesta noite de sublime poesia

Versos e rimas vão me emocionar

Nasci como “Prova de Fogo"

Depois “Universidade” fiz escola

Eternizei meu nome… brinquei

De luvas, fraque e cartola

O tempo se foi, quanta saudade

O samba não é só isso, é um pouco mais

Celeiro de bambas eu sou, sou raiz

É bom respeitar meus carnavais

 


Toca aí “Que Nem Maré”, toca pra valer

De vermelho e branco eu vou lutar

Minha voz, meu grito, Mocambo!

ninguém vai calar

 


Vi nos meus sonhos, rodas de sambas

Folia e fantasia no Danúbio e no Cibec

O passo marcado na ponta do pé

Exaltei a Independência, Bahia e se axé

Vi a Epopeia de Rondônia, cantei Veriana

Brilhou lá no céu e o folclore popular

Curti os Prazeres, com a Louca que Caiu da Lua

Em Urucumacuã, mistérios a revelarObrigado Café, Dona Jóia, Neiry, Valério

e Bizigudo

Tudo isso é herança verdadeira

Leônidas, Roosevelt, Bola Sete e Babá

Salve Bainha, Ricardo e Cabeleira

 


Vem cantar de novo, vem festejar

O hino de amor que ficou no coração

Chegou Diplomatas do Samba, chegou, ô, ô, ô, ô

E o povo na rua sambou, caô, caô meu pai xangô

 

 

 

ACLER

 

Centenário de Marise Castiel

será comemorado segunda-feira


 

Patrona da cadeira número 37 da Academia de Letras de Rondônia, a professora Marise Magalhães da Costa Castiel será a homenageada pelo centenário de seu nascimento, em sessão especial da ACLER, na próxima segunda-feira, dia 5 de novembro. O evento será realizado na Casa de Cultura Ivan Marrocos, a partir das 19h30.

 

A professora Marise Castiel, como era conhecida, está intimamente ligada à implantação da Educação em Rondônia, ainda na época do Território do Guaporé, quando aqui chegou em 1947, com o marido Jaime Castiel, a convite do então prefeito de Porto Velho, Carlos Augusto Mendonça.

 

 

Fundadora da Escola Normal do Guaporé, hoje Instituto Carmela Dutra, da qual foi a primeira diretora, Marise Castiel foi vereadora, carnavalesca, folclorista e animadora cultural. Como Diretora de Ensino do Território, cargo equivalente hoje a Secretário de Estado, construiu grande parte das escolas antigas existentes em Porto Velho, incluindo os distritos e a região ribeirinha (lembrando que o município de Porto Velho abrangia toda a região do atual estado e Rondônia, exceto Guajará-Mirim).

 

Como carnavalesca da Escola de Samba Pobres do Caiari, Marise Castiel inovou com a criação de enredos e fantasias que encantavam a população porto-velhense. Na política foi vereadora e candidata a deputado estadual. Fez parte do grupo que trabalhou para a elevação do Território à categoria de Estado.

 

 

Segundo o acadêmico Samuel Castiel, a solenidade em homenagem ao centenário da professora Marise Castiel será dividida em três partes, com abertura pelo presidente da Academia de Letras de Rondônia, Francisco Chagas da Silva. Em seguida a saudação de autoridades presentes e, em nome da ACLER, pronunciamento do acadêmico Adaídes Batista. Mariza Castiel de Carvalho, filha da homenageada, falará em nome da família.

 

Em seguida haverá a homenagem de alunos do Instituto Estadual de Ensino Carmela Dutra; apresentação de coral entoando o arranjo original do hino “Céus de Rondônia” e do samba preferido pela professora Marise Castiel. Ao final haverá a homenagem pela Liga das Escolas de Samba de Porto Velho e dos antigos integrantes da Escola de Samba Pobres do Caiari.


 

SERVIÇO
 

O que: Homenagem ao centenário da professora Marise Castie

Por quem: Academia de Letras de Rondônia – ACLER

Quando: 05 de novembro de 2018 – segunda-feira – 19h30

Onde: Casa de Cultura Ivan Marrocos – Rua Carlos Gomes, 563 – Caiari – Porto Velho – RO.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS