close
logorovivo2

Turma da Mônica' ganha os cinemas, a TV e a internet em novembro

No dia 15, os oito episódios inéditos chegam ao Cartoon Network

ESTADÃO

5 de Novembro de 2018 às 15:16

Turma da Mônica' ganha os cinemas, a TV e a internet em novembro

FOTO: (Divulgação)

Novembro vai ser um mês especial para uma jovem dentuça que adora um vestido vermelho. A Mônica, personagem icônica do cartunista brasileiro Mauricio de Sousa, vai poder ser vista em múltiplas plataformas e em diversos formatos, num especial organizado pelo canal pago Cartoon Network, que há 14 anos mantém os direitos para exibir os desenhos de Turma da Mônica na TV.

 

Para quem não conseguiu conferir o especial na rede Cinemark neste final de semana, uma nova chance de ver os oito episódios inéditos do desenho será a partir do dia 15, quando eles chegam ao Cartoon Network, que normalmente reserva cerca de 16 horas de grade por mês para a Turma da Mônica, mas em novembro vai exibir mais de 30. "O máximo que o Cartoon já estreou de episódios da Mônica em um mês foram quatro, mas este mês vamos estrear oito", informa a diretora sênior de conteúdo e produção nacional dos canais infantis da Turner, Adriana Alcântara. "Durante a primeira quinzena do mês, vamos exibir os episódios com melhor performance, e, a partir do dia 15, os inéditos."


A ideia do projeto, segundo ela, era levar os personagens para além do canal linear. No cinema, o público vai ter conteúdos exclusivos, ainda mantidos em segredo, como a interação da Mônica, em desenho, com algum grande nome do entretenimento brasileiro. A ação vai continuar nas plataformas online, onde o Cartoon já exibe a série animada Mônica Toy, que este mês também vai ganhar uma nova temporada, e vai começar a transmitir, como parte do especial, os 13 episódios de estreia de um novo desenho, Biduzido. As duas séries serão disponibilizadas, ao longo do mês, no canal do CN no Youtube.

 

"Sempre tivemos a ideia de trabalhar em todas as plataformas, é uma premissa do Mauricio desde o começo", afirma o gerente de digital da Mauricio de Souza Produções, Marcos Saraiva. "Já exibimos, por exemplo, a Mônica nos cinemas em outros momentos."

 

Para todas as idades

 

Segundo um levantamento do Kantar IBOPE Media, só este ano, até agora, cerca de 11 milhões de pessoas com TV paga assistiram a Turma da Mônica no Cartoon Network. No ano passado, o canal foi o mais visto por crianças de 4-11 anos, na TV paga brasileira, durante a exibição de novos episódios da Mônica clássica, num especial de Carnaval. Apesar do número, o conteúdo dos desenhos não é pensado apenas para as crianças. "A ideia é que os desenhos possam ser vistos em família, não falamos apenas para uma faixa etária", diz Marcos.

 

Segundo ele, os conteúdos dos desenhos não são pensados por temas, mas apenas com o intuito de contar uma boa narrativa. "Uma boa história sempre funciona. E para os adultos, ainda tem a questão da memória afetiva. A Turma da Mônica não é do Mauricio, é do brasileiro." Marcos admite, no entanto, que os desenhos exibidos hoje pelo Cartoon são mais "acelerados" do que os que os pais viam em sua época. "A criançada está num ritmo próprio."

 

Para Adriana Alcântara, do Cartoon, há um mistério para saber qual será a reação do público mais velho ao conteúdo especial exibido nos cinema. "A Turma da Mônica faz parte hoje da cultura pop. Estou bem curiosa para ver quantos adultos irão ao cinema, mesmo sem filhos, para ver os desenhos."

 

Interação

 

Além de todo o conteúdo inédito da Mauricio de Sousa Produções, que inclui ainda 15 novos Digital Comics de Turma da Mônica, uma prática antiga será resgatada de forma digital. Se antigamente os assinantes dos gibis mandavam cartas para aparecer em próximas edições da revista da Mônica, agora os fãs vão poder interagir pelo site do Cartoon Network, que convida as crianças para enviarem seus desenhos da Turma da Mônica ao lado de outros personagens do canal. "Os fãs gostam de interagir, saber que são bem recebidos, que as cartas não são algo automatizado, e o Mauricio sempre foi bem aberto a isso", diz Marcos.

 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS