close
logorovivo2

PROGRAMAÇÃO: Confira a coluna "Lenha na Fogueira", por Zékatraca

Vai Quem Quer apresenta programação para 2019

ZÉKATRACA

14 de Janeiro de 2019 às 10:25

PROGRAMAÇÃO: Confira a coluna "Lenha na Fogueira", por Zékatraca

FOTO: (Divulgação)

Entidades do segmento Cultura Popular – Federação das Escolas de Samba e entidades Carnavalescas de Rondônia – Fesec e a Federação de Grupos Folclóricos – Federon, apresentaram suas demandas ao novo superintendente da Sejucel senhor Jobson.


 

*********


A visita ao novo gestor da cultura em Rondônia, aconteceu na última quinta feira dia 10. Reginaldo Makumbinha pela Fesec e Fernando Rocha pela Federon apresentaram as demandas das suas respectivas entidades.

 

********



A FESEC apresentou duas demandas: A emenda parlamentar do Deputado Léo Moraes para locação da estrutura pro desfile das Escolas de Samba e sobre o processo de construção da Cidade da Cultura.

 

*********


Jobson, Superintendente da SEJUCEL, deu total apoio às demandas e se colocou à disposição das Federações sua equipe técnica, pra assessorar e acompanhar os dois processos.

 

*********


No mesmo dia, à tarde, Reginaldo Makumbinha se reuniu com o assessor do deputado Léo Moraes (Nélson Júnior) para verificar o andamento da emenda. Segundo o mesmo, só falta o Governador sancionar o orçamento para dar prosseguimento ao processo da estrutura.

 

*********

 

Apesar da situação do nosso desfile continuamos trabalhando o processo das estruturas (vai que surge uma luz no fim do túnel)” declarou Makumbinha.

 

*********


Fernando Rocha tratou da emenda colocada pela deputada federal Mariana Carvalho também para contratação de estrutura de arquibancada, iluminação, tendas e sonorização para o Arraial Flor do Maracujá 2019.


 

********


Na próxima terça feira dia 15, as 9 horas, o superintendente Jobson acompanhado do deputado Eyder Brasil fará visita a sede da Federon no Parque dos Tanques, para saber das principais demandas da entidade para o Flor do Maracujá deste ano.

 

********

 

Pelo que notamos, Jobson está com boa vontade em apoiar a cultura popular no estado de Rondônia. Que seja bem vindo.

 

********

 

De acordo com a nota da Fesec em parceria com a Federon sobre locação das estruturas para os desfiles das escolas de samba e Arraial Flor do Maracujá. Fica mais que provado, que aquela notícia distribuída pela assessoria do prefeito de Porto Velho dizendo que o governador também não apoiaria o carnaval de Porto Velho, foi Fake.

 

*********

 

Quem também estar preocupado com o não apoio por parte da prefeitura aos desfiles das escolas de samba, é o renomado articulista político Carlos Sperança. Carlão em sua coluna publicada no dia 10 passado escreve:


 

********

 

O turismo – Eu queria questionar os senhores Prefeito e Governador que anunciaram recentemente o propósito de fomentar o turismo na capital, mas cortando recursos para o carnaval, que se constitui a maior fonte de renda do turismo para hotéis, bares e restantes em Porto Velho com os DESFILES DAS ESCOLAS DE SAMBA atraindo contingentes do interior do estado, do Acre, do Amazonas e da Bolívia, a coisa é fomento do turismo as avessas, um tiro no pé.

 

********

 

Pelo menos não estamos sozinho nessa luta, quando um colunista respeitadíssimo como Carlão Sperança lamenta a falta de apoio as nossas entidades carnavalescas, é porque o negócio é sério.

 

***********

 

Por falar em desfile de bloco de trio. O bicho tá pegando e pegando muito bem, pois três blocos já anunciaram que tratarão atrações (bandas e cantores) da Bahia para animar seus desfiles: Bloco Leva Eu, Bloco Vai e Volta e Bloco Us Dy Phora.


 

**********

 

É o carnaval de trio elétrico voltando aos velhos tempos do Bloco Fuzarka e Maria Fumaça quando as atrações foram bandas como Águia de Asa, Chiclete com Banana, Ivete Sangalo, Timbalada entre outros renomados artistas baianos.


 

*********

 

Atenções dirigentes de blocos de trio elétrico ou não, enviem suas programações para o e-mail zekatraca@diariodaamazonia.com.br que divulgaremos com todo o prazer.

 

 

 

Vai Quem Quer apresenta

Programação para 2019


 

A direção do maior bloco de trio elétrico da região Norte a Banda do Vai Quem Quer, já está com a programação para o carnaval deste ano, totalmente definida. Segundo a presidente Sicília Andrade a Siça a sede do bloco a rua Joaquim Nabuco entre a Carlos Gomes e D. Pedro II. Será aberta no dia 1º de fevereiro atendendo os foliões interessados em adquirir a Camiseta com o tema do carnaval 2019, cuja arte foi criada pelo designer Rodinelli Gonzales. “O valor da camiseta ainda está e m discussão, pois dependemos de fechar alguns patrocínios que influenciam no valor da comercialização das camisas”, disse Siça.

 

 

A Banda do Vai Quem Quer vai desfilar pela 38ª vez no carnaval de rua de Porto Velho, no dia 2 de março fazendo o tradicional percurso: Carlos Gomes (saída da praça das Caixas D’Agua), Joaquim Nabuco e Sete de Setembro.

 

A primeira grande promoção do bloco este ano acontecerá no dia 15 de fevereiro com o coquetel de lançamento da Camiseta 2019, apresentação da Marchinha Tema e apresentação das Musas da Banda.

 

Dia 16 de fevereiro vai acontecer o Esquenta com a Imprensa e no dia 23 de fevereiro, a Feijoada Pré Desfile. Toda programação vai acontecer na sede da Joaquim Nabuco.

 


 

Desfile

 

Siça Andrade confirmou o desfile da Banda para o dia 2 de março, com a com centração a partir das 14 horas na Praça das Caixas D’Água com a saída as 17 horas. “Como sempre quem vai animar nossos foliões é a Banda da Banda dirigida pelo Silvinho Santos que tocara apenas marchinhas de compositores de Porto Velho além de sambas enredos das nossas agremiações carnavalescas”, finalizou a Rainha do nosso Carnaval.

 

 

SELEÇÃO

 

Cia Nós No Bambu abre convocatória

voltada para a arte corpo bambu


 

Nesta segunda feira dia 14 de janeiro, a Cia Nós No Bambu abre convocatória para seleção de quatro artistas brasileiros e quatro latino-americanos para participarem da Residência Artística Nós No Bambu, projeto contemplado pelo Rumos Itaú Cultural 2017-2018. É destinada para dançarinos, circenses, atores e artistas com experiência comprovada nas artes do corpo e do movimento.

 

As inscrições podem ser feitas até o dia 31 de janeiro via formulário: para os brasileiros, no link https://bit.ly/2GPEA7F e para estrangeiros emhttps://bit.ly/2CwFpOo. O projeto custeará aos participantes o transporte aéreo e do aeroporto até o Galpão Bambu e vice-versa, três refeições diárias e hospedagem, ambos na sede do grupo, entre outras coisas. Para mais informações, basta enviar um e-mail para residennb@gmail.com.

 

A coordenadora geral do projeto, Poema Mühlenberg, a instrutora em arte corpo bambu, Ana Flávia Almeida, e o responsável pelos residentes, Edson Beserra, compõem a comissão de seleção. O resultado será anunciado aos contemplados até o dia 12 de fevereiro, via e-mail. A relação dos artistas também estará disponível nos canais de comunicação da companhia.

 

Durante o processo de imersão, os residentes aprenderão a construir, artesanalmente, instrumentos acrobáticos de bambu, como mastros e tripés. Também, a Companhia compartilhará técnicas de autocuidado corporal, aquecimento, presença cênica, conhecimento teórico e conceitual sobre o universo do bambu e reflexões que envolvam a arte corpo bambu – elementos largamente pesquisados pelo grupo ao longo de seus 15 anos de práticas.

 

A residência tem duração de um mês: entre 28 de abril e 28 de maio, no Galpão Bambu – espaço de criação, sede da Cia Nós No Bambu. O espaço pertence ao Núcleo Rural Córrego do Urubu, que integra a Serrinha do Paranoá, com cerca de 100 nascentes e a Mina D’água Lágrimas da Oxum, localizada dentro do terreno, que abrigou o primeiro centro de umbanda de Brasília (DF). As atividades serão desenvolvidas em três locais principais da chácara: o Galpão Bambu, a Bambuzeria – oficina de construção artesanal com bambu –, e a Casa Verde – local de hospedagem dos residentes.

 

Os conteúdos absorvidos pelos participantes serão decantados em cenas breves. Em uma mostra de encerramento, compartilharão com a comunidade brasiliense os resultados das pesquisas e lançarão provocações para desdobramentos.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS