close
logorovivo2

104 ANOS: Rock e música instrumental marcam os 104 anos Porto Velho

A população prestigiou o evento, ocorrido em frente ao Mercado Cultural

ASSESSORIA

25 de Janeiro de 2019 às 12:40

104 ANOS: Rock e música instrumental marcam os 104 anos Porto Velho

FOTO: (Divulgação)

O aniversário de Porto Velho foi comemorado com rock e música instrumental nesta quinta-feira (24-01) no Calçadão do Manelão e na Praça Getúlio Vargas – ambos em frente ao Mercado Cultural. A população prestigiou a festa.

A abertura ficou por conta do músico Mauro Araújo e grupo (instrumental). Em seguida subiu ao palco as bandas Distopia, de Porto Velho; Os Últimos, de Ariquemes, e Eurritmia, da capital. O evento foi promovido pela Prefeitura de Porto Velho, por meio da Funcultural.

 

“Ainda não tinha visto Mauro Araújo e o grupo - são maravilhosos. Faz-se necessário uma maior divulgação desse trabalho para mostrar que Rondônia tem talentos e, dessa forma, abrir as portas para eles lá fora”, declarou o servidor público Luís Carlos dos Santos, que foi ao Mercado Cultural por conta da música instrumental, uma de suas paixões.

Os elogios aos demais grupos que se apresentaram também foram unânimes. “São jovens talentosos. Temos que prestigiar para incentivá-los”, afirmou Antônia Bezerra, amante dos estilos sertanejo e forró. “Mas também tenho um pezinho no rock, por isso estou aqui”, disse.

O presidente da Funcultural, Ocampo Fernandes, declarou que este ano a Prefeitura decidiu comemorar o aniversário de instalação do Município com um estilo de música diferente. “Em 2018 foi forró, mas este ano o prefeito Hildon Chaves pediu que a programação incluísse estilos diversificados para atender a todos”, observou.

 

BANDAS

 

Mauro Araújo

 

O músico Mauro Araújo (instrumental) é pianista popular, tecladista e contrabaixista. Iniciou na área aos 12 anos de idade. Já participou de vários projetos culturais em Rondônia e integra, como instrumentista, os corais Vozes do Madeira, do TJ-RO, Canto Livre (MPE) e Energia Sustentável do Brasil (ESBR).

 

Ele já se apresentou na Argentina, em 2016, sendo aplaudido de pé. Mauro ofertou ainda nesse país a oficina “Música Brasileña para Instrumentistas”. O músico esteve também por duas vezes no Chile (Santiago) para fazer show.

 

Distopia

 

A distopia é uma banda de rock alternativa que tem como compositores Hélio Vieira e Vandrin Rodrigues – ambos de Porto Velho. O grupo é formado atualmente por Hugo Borges (vocais), Vandrin Rodrigues (vocais e guitarra), Rafini Root (guitarra), Mikeias Belfort (baixo), Renan Lima (bateria).

 

A banda lançou o seu primeiro cd, homônimo, em 2017. O álbum se consolidou com as faixas “Dias Atrás”, “Como se fosse Amanhã” e “Tempestade”, que alcançou a marca de 500 mil visualizações nos primeiros meses em que o clipe foi lançado nas mídias sociais.

 

Os Últimos

 

A banda de Ariquemes iniciou o ano de 2019 com turnê para promoção do novo disco “Onde Toca o Horizonte” nos estados do Amazonas, Acre e Rondônia. Para comemorar os oito anos de existência, lançou neste mês de janeiro o videoclipe “Velha Vida”.

O trabalho de “Os Últimos” pode ser acompanhado nas redes sociais, plataformas streaming (@bandaosultimos) e no site da banda. O grupo foi formado em 2010. Atualmente é composta por Tom Rodrigues (guitarra/voz), Rogério Madeira (contrabaixo) e Laura Brandhuber (bateria).

 

Eurritmia

 

Esta será a última banda a se apresentar no evento. É composta por quatro membros – Rodolfo Ruiz (Baterista), Rodolfo Menezes (vocal e guitarra), Felipe Beraldo (contrabaixo), Rogério Cunha (guitarra). Essa formação do grupo existe há quatro anos.

 

A Eurritmia já tem um CD gravado e está em fase de conclusão do segundo. As composições ficam a cargo do vocalista Rodolfo Menezes, com a colaboração de Rodolfo Ruiz (baterista) e de sua mãe (Patrícia Ruiz).

 

 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS