close
logorovivo2

Estrutura da Flor do Maracujá custará mais de meio milhão de reais

A festa será realizada de 28 de junho a 7 de julho, no Parque dos Tanques

RONDONIAOVIVO - EDIÇÃO

22 de Maio de 2019 às 10:33

Estrutura da Flor do Maracujá custará mais de meio milhão de reais

FOTO: (Divulgação)

O Governo investirá R$ 513 mil reais para custear a estrutura do arraial Flor do Maracujá, a ser realizado de 28 de junho a 7 de julho, no antigo Parque dos Tanques (local da futura Cidade da Cultura). Os recursos são oriundos de emendas parlamentares.


Este ano a festa será organizada pela Superintendência de Esporte, Juventude, Cultura, Esporte e Lazer de Rondônia (Sejucel) e não mais pela Federação de Quadrilhas e Bois Bumbás e Danças Folclóricas de Rondônia (Federon), como ocorria anteriormente.


 O objetivo da mudança, segundo o secretário da Sejucel, Jobson Bandeira, é " zelar pela cultura e acabar com o improviso registrado nos últimos anos, transformando o arraial em fator de promoção de cultura,  geração de empregos e de renda".


De acordo com ele, anteriormente o governo repassava a estrutura às entidades folclóricas e elas davam “seu jeito” de realizar o arraial. 


Patrocínio


A Sejucel institutiu também  uma  Comissão Mista  para alinhar as propostas para captação de patrocínios.


Os valores arrecadados com os patrocínios serão destinados aos grupos em sua totalidade para ajudar na confecção das fantasias, pagamento de músicos para os ensaios e os coreógrafos. "Só assim todas as agremiações terão condições de competir de forma igualitária", declarou o secretário.

 

Os grupos não gastarão com transporte dos brincantes, pois a Sejucel assumiu o encargo com a contratação 13 ônibus.
Regulamento.

 

Outra mudança ocorrida este ano é a alteração do regulamento do certame para estender também a premiação aos grupos folclóricos de acesso dentre os bois bumbas, quadrilhas e outras danças regionais. “Antes só os integrantes do grupo especial eram contemplados”.

 

Ambulantes

 

Os ambulantes também estarão isentos de pagar a taxa de permanência nos 10 dias de arraial e a Polícia Militar já trabalha na conclusão do planejamento policial ostensivo, inclusive policiamento de trânsito. No ambiente interno haverá seguranças particulares contratados pela coordenação do evento.


Corpo de Bombeiros


O Corpo de Bombeiros manterá a cobrança de taxa para autorização com base na lei que prevê o recolhimento. A única alternativa para isenção dessa taxa e de outras é transformar, segundo o professor Marco Antônio Teixeira , da Unir, o Arraial Flor do Maracujá em evento de utilidade pública e patrimônio material e imaterial do povo de Rondônia.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS