close
logorovivo2

GUAPORÉ: 'Mulheres de Aluá' abre o Madeira Festival de Teatro

A mostra inicia nesta quarta, em Porto Velho; seis grupos participam do evento

RONDONIAOVIVO - EDIÇÃO

3 de Junho de 2019 às 12:40

GUAPORÉ:  'Mulheres de Aluá' abre o  Madeira Festival de Teatro

FOTO: (Divulgação)

O Madeira Festival de Teatro  inicia nesta quarta-feira,5, com a apresentação do espetáculo "Mulheres de Aluá", às 19h30, no Teatro Guaporé, em Porto Velho. A mostra competitiva encerra no domingo,9.

 


Seis grupos foram selecionados para participar da mostra. Os ingressos são gratuitos. Todos os espetáculos terão tradução em Libras e transmissão pelo Facebook. O festival tem o patrocínio do varejista Atacadão e do Ministério da Cidadania

 


A curadoria das peças foi feita por artistas de Curitiba, Manaus e Rio de Janeiro.

 


Os grupos receberão cachê. Os do interior terão ainda terão transporte, alimentação  e estadia. Além do cachê, haverá premiação em dinheiro para os vencedores do festival e troféus para categorias, como melhor espetáculo, melhor direção, melhor ator e atriz, dentre outros.

 


O espetáculo vencedor receberá cachê, transporte, estadia e alimentação para fazer uma turnê pelos municípios de Ariquemes, Jaru, Ji-Paraná, Cacoal e Vilhena entre os dias 12 e 22 de junho.

 

Programação

 

MULHERES DO ALUÁ 


05/06 às 19:30


CIA O IMAGINÁRIO 
Direção: Chicão Santos
Texto: Euler Lopes
Município do grupo: Porto Velho 
Classificação indicativa: 12 anos   
“As Mulheres do Aluá” conta a história de mulheres de diferentes épocas que foram condenadas, num período em que o pensamento-homem determinava a condição de cada uma delas.


TABULE

 

06/06 às 19:30


CIA PERIPÉCIAS DE TEATRO 
Direção: Júnior Lopes
Texto: Junior Lopes
Município do grupo: Porto Velho
Classificação indicativa: 12 anos    
Uma tragicomédia apresentada por Zahara, uma cômica heroína libanesa de uma triste saga. Na urgência em se desfazer do peso das sua confissões, ela faz do público a sua pedra das lamentações no velório de seu marido, no Brasil. 

 

É CRIME NÃO SABER LER

 

07/06 às 14h


CIA DE ARTES EVOLUCÃO
Direção: Eules Lycaon
Texto: Luís Antônio Araújo
Município do grupo: Porto Velho
Classificação indicativa: 12 anos    
Não pode haver crime maior que impedir, por qualquer motivo, que a nossa gente aprenda a ler. O caboclo do espetáculo não sabe ler. , porque não pôde estudar, porque não lhe ensinaram. Como isso lhe afeta?

 

À MARGEM

 

07/06 às 20h


GRUPO DE TEATRO WANKABUKI
Direção: Valdete Souza
Texto: Valdete Souza
Município do grupo: Vilhena
Classificação indicativa: 12 anos    
Criado a partir das vozes de mães e avós e da história oral que permeia às margens dos rios, evoca a história de rios mortos, rememorando as mazelas das famílias nordestinas e sulistas, no abandono de suas origens, em busca do Eldorado.


VIÚVAS DO MAR

 

08/06 às 19:30


GRUPO DE TEATRO ENCENA
Direção: Roberto Carlos
Texto: Roberto Carlos
Município do grupo: Ji-Paraná 
Classificação indicativa: 12 anos    
Marcadas pela perda de seus amores para o mar, suas histórias se entrelaçam entre lágrimas, lamentos e esperanças. O luto e o sofrimento une essas quatro mulheres tão diferentes.

 

INIMIGOS DO POVO

 

09/06 às 16h


TRUPE DOS CONSPIRADORES 
Texto: Henrik Ibsen
Município do grupo: Porto Velho 
Classificação indicativa: 12 anos    
Na história, um médico desconfiava que os pacientes adoeciam por conta dos banhos na estação balneárea da cidade. Ao analisar a água, chega a conclusão de que há uma bactéria. Mas a população alardeada acaba acusando o doutor como "inimigo do povo”.
 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS