close
logorovivo2

TEATRO GUAPORÉ: Madeira Festival, que inicia nesta quarta, terá interprete de Libras

A abertura será com a peça "Mulheres de Aluá"; o evento encerra domingo

RONDONIAOVIVO - EDIÇÃO

5 de Junho de 2019 às 13:28

TEATRO GUAPORÉ:  Madeira Festival, que inicia nesta quarta, terá interprete de Libras

FOTO: (Divulgação)

O  Madeira  Festival de Teatro de Rondônia, que inicia nesta quarta-feira, 5, as 19h30, no Teatro Guaporé, contará  com intérprete de Libras nos seis espetáculos a serem exibidos na mostra. O evento encerra domingo,9. A entrada é gratuita. A classificação é de acordo com o espetáculo - ver programação abaixo.

Foram selecionados seis espetáculos para serem apresentados durante os cinco dias. Esses grupos  receberão um cachê para participarem da mostra. Os que são do interior do estado contam, também, com transporte, alimentação  e estadia. Além do cachê, haverá premiação em dinheiro para os vencedores do festival e troféus para categorias: melhor espetáculo, melhor direção, melhor ator e atriz.

O espetáculo vencedor receberá cachê, transporte, estadia e alimentação para fazer uma turnê pelos municípios de Ariquemes, Jaru, Ji-Paraná, Cacoal e Vilhena, entre os dias 12 e 22 de junho.


O objetivo do festival, segundo os promotores, é instigar que os artistas a produzirem, possibilitando, assim, que a comunidade tenha acesso à cultura . "Essa foi a base motora que nos instigou a criar um projeto para produção de um festival que possibilite que artistas do estado possam produzir e apresentar seus espetáculos na capital e, caso vençam o festival, se apresentem nas principais cidades da BR 364", destacaram os idealizadores da mostra.


O Madeira Festival foi idealizado pelos artistas e produtores rondonienses Édier William e Mari Santos. É realizado por meio da Lei de Incentivo à Cultura através do Ministério da Cidadania, realização da Zenital Produções, apoio da Funcer, Sejucel e Município. O patrocínio  é do patrocínio da rede varegista Atacadão  e do Governo Federal. 

Site da mostra:  www.madeirafestivais.com.

 

 Programação

 

 MULHERES DO ALUÁ 

 

05/06 às 19:30

CIA O IMAGINÁRIO

Direção: Chicão Santos

Texto: Euler Lopes

Município do grupo: Porto Velho

Classificação indicativa: 12 anos   

“As Mulheres do Aluá” conta a história de mulheres de diferentes épocas que foram condenadas, num período em que o pensamento-homem determinava a condição de cada uma delas.


TABULE

 

06/06 às 19:30

CIA PERIPÉCIAS DE TEATRO

Direção: Júnior Lopes

Texto: Junior Lopes

Município do grupo: Porto Velho

Classificação indicativa: 12 anos    

Uma tragicomédia apresentada por Zahara, uma cômica heroína libanesa de uma triste saga. Na urgência em se desfazer do peso das sua confissões, ela faz do público a sua pedra das lamentações no velório de seu marido, no Brasil.

 


É CRIME NÃO SABER LER

 

07/06 às 14h

CIA DE ARTES EVOLUCÃO

Direção: Eules Lycaon

Texto: Luís Antônio Araújo

Município do grupo: Porto Velho

Classificação indicativa: 12 anos    

Não pode haver crime maior que impedir, por qualquer motivo, que a nossa gente aprenda a ler. O caboclo do espetáculo não sabe ler. , porque não pôde estudar, porque não lhe ensinaram. Como isso lhe afeta?

 
À MARGEM

 

07/06 às 20h

GRUPO DE TEATRO WANKABUKI

Direção: Valdete Souza

Texto: Valdete Souza

Município do grupo: Vilhena

Classificação indicativa: 12 anos    

Criado a partir das vozes de mães e avós e da história oral que permeia às margens dos rios, evoca a história de rios mortos, rememorando as mazelas das famílias nordestinas e sulistas, no abandono de suas origens, em busca do Eldorado.

 


VIÚVAS DO MAR

 

08/06 às 19:30

GRUPO DE TEATRO ENCENA

Direção: Roberto Carlos

Texto: Roberto Carlos

Município do grupo: Ji-Paraná

Classificação indicativa: 12 anos    

Marcadas pela perda de seus amores para o mar, suas histórias se entrelaçam entre lágrimas, lamentos e esperanças. O luto e o sofrimento une essas quatro mulheres tão diferentes.

 


INIMIGOS DO POVO

 

09/06 às 16h

TRUPE DOS CONSPIRADORES

Direção: Luciano Oliveira

Texto: Henrik Ibsen

Município do grupo: Porto Velho

Classificação indicativa: 12 anos    

Na história, um médico desconfiava que os pacientes adoeciam por conta dos banhos na estação balneária da cidade. Ao analisar a água, chega a conclusão de que há uma bactéria. Mas a população alardeada acaba acusando o doutor como "inimigo do povo”.

 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS