close

Escola depende de apoio para realizar o arraial musical

Ela precisa de som, palco e iluminação; instituição está funcionando em novo endereço (atrás do Sebrae)

DA REDAÇÃO

11 de Junho de 2019 às 14:12

Escola depende de apoio para realizar o arraial musical

FOTO: (Divulgação)


 A Escola de Música Jorge Andrade está dependendo de palco, iluminação  e som para fazer o seu recital, no formato de arraial musical, neste mês de julho, como já é tradição da instituição. A festa,realizada na rua em frente a escola, tem apresentações musicais dos alunos e comidas típicas.

 

A Jorge Andrade  está funcionando em novo endereço, na  rua Julio de Castilho, atrás do Sebrae. A mudança, segundo a vice-diretora, Dinalva Campos, é temporária, enquanto é feita a reforma do prédio da escola, na Avenida Abunã com Elias Gorayeb. A edificação se  encontrava em situação crítica. Porém, essa reforma ainda não tem data para iniciar.

 

A instituição completa 30 anos agora em 2019  e já é marca registrada em Porto Velho. Conseguir uma vaga não é fácil. Na primeira semana de dezembro a escola abre vagas - 50% delas para atender os alunos da rede municipal de ensino e as outras 50% para a comunidade. Não tem um número de matrículas definidas - pode ser de 30 a 60 por turno (são três turnos - manhã, tarde e noite). 

 

Se tiver mais candidatos que a quantidade de vagas disponibilizadas, é realizado sorteio. Todos os alunos começam pela iniciação musical e depois passam para o instrumento escolhido. Caso não se adapte, ele pode mudar  - mas tem apenas duas chances para isso, quando entra e após seis meses em que estiver estudando o instrumento.

 

 Atualmente são 900 alunos inscritos. A escola aceita crianças a partir dos oito anos de idade. Geralmente os curso têm duração de três anos (mas esse tempo depende da dedicação do aluno), com execesão de piano que são oito anos.


 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS