close

PRÉ-CARNAVAL: Tem concurso de samba de enredo neste sábado na Tenda do Tigrão, da Asfaltão

A entrada é gratuita. O evento inicia às 16 horas, na Tenda do Tigrão

DA REDAÇÃO

27 de Setembro de 2019 às 12:39

PRÉ-CARNAVAL: Tem concurso de samba de enredo neste sábado na Tenda do Tigrão, da Asfaltão

FOTO: (Divulgação)

Inspirados no tema de enredo “Triângulo, o Abraço do Violão – no Carnaval do Asfaltão”, de autoria de Altair Santos (Tatá) e Oscar Knigthz, compositores e compositoras de Porto Velho apresentarão suas obras compostas para o concurso de Samba de Enredo da Família Asfaltão, neste sábado,28, a partir das 16 horas, na Tenda do Tigrão, na rua Jaci-Paraná, entre Brasília e Joaquim Nabuco.

 

De acordo com Silvia Pinheiro, diretora de Comunicação da agremiação, o concurso é um dos momentos mais importantes da Alfastão, pois será definido o hino a ser apresentado no desfile carnavalesco de 2020.

 

De acordo com ela, a homenagem ao Bairro do Triângulo fará com que o desfile seja um dos mais emocionantes e envolventes dos últimos tempos. Isto porque, segundo a diretora, o tema é de interesse histórico, social, cultural e patrimonial, numa citação especial aos moradores e ao próprio bairro, que foi um dos primeiros núcleos habitacionais do perímetro urbano de Porto Velho.

 

“Tendo a Estrada de Ferro Madeira-Mamoré como item indissociável da sua história e trajetória, o Bairro Triângulo é uma reserva riquíssima de cultura e tradição, cujo legado ecoa ainda vivo por toda a cidade, em que pese a força devastadora do desajuste social que tirou muita gente desse local, transformando a paisagem”, observou.

 

Programação, pela ordem de apresentação de cada concorrente

 

Ernesto Melo, o Poeta da Cidade: “...Você precisa ver, para saber como é, que andava o trem na madeira mamoré...”

 

Os parceiros Walber do Cavaco, Christóvão Nascimento, Carlos Brito, Marcelo Maia: “...Então vem, reviver a nostalgia. Vestir essa fantasia dos boêmios do lugar...”

 

As Pastoras do Asfaltão (Cristina, Léia, Silvia, Vanilce e Wilma): "...Ecoou, no toque do Clarim do Moraes. Chegou a Pura Raça, na batida do tambor

A mensageira do Amor..."

 

Trio do Ouro (Mestre Bainha, Oscar e Zé Baixinho): “...Ô, Ô, Ô, Ô, Ô, Ora yê, yô mamãe exum. O sonho não acabou, arreda aí. Com meu Tigre Pura Raça, você vai ver, O meu Triângulo renascer...”

 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS