close

RECORDE: ‘Minha Mãe É uma Peça 3’ se torna a maior bilheteria do cinema nacional

O filme arrecadou R$ 137 milhões de reais e bateu o longa 'Nada a Perder', primeira parte da biografia de Edir Macedo, que estava no 1° lugar

VEJA

22 de Janeiro de 2020 às 12:04

RECORDE: ‘Minha Mãe É uma Peça 3’ se torna a maior bilheteria do cinema nacional

FOTO: (Divulgação)

Depois de bater em venda de ingressos Star Wars:  A Ascensão Skywalker e Frozen 2, dois dos filmes mais esperados de 2019, o brasileiro Minha Mãe É uma Peça 3 se tornou a maior bilheteria da história do cinema nacional.

 

Ao todo, o filme sobre Dona Hermínia, protagonizado pelo ator Paulo Gustavo, registrou a marca de 130 milhões de reais neste final de semana, desde que estreou no cinema no final de dezembro de 2019. Anteriormente, o campeão de faturamento era o longa Nada a Perder, primeira parte da cinebiografia do bispo Edir Macedo, que arrecadou 120 milhões de reais no período que ficou em cartaz.

 

Na trama, Dona Hermínia tem de lidar com a expansão de sua família após sua filha Marcelina (Mariana Xavier) aparecer grávida e o casamento de seu filho Juliano (Rodrigo Pandolfo). 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS