close
logorovivo2

TUCANOS NA BRIGA: Expedito e Pastor Edésio ao Governo buscam criar um ‘chapão’

Expedito vem pra disputa contra dois nomes fortes no cenário político: Maurão de Carvalho, do PMDB, e Acir Gurgacz, da coligação que envolve o PDT-PSB-PP-PR e que poderá contar com o PT

DA REDAÇÃO

5 de Agosto de 2018 às 15:00

TUCANOS NA BRIGA: Expedito e Pastor Edésio ao Governo buscam criar um ‘chapão’

FOTO: (Marco Polo)

Aconteceu hoje (Domingo, 5/08) na sede da Faculdades Integradas Aparício Carvalho (Fimca) em Porto Velho a convenção unificada dos partidos: PSDB, DEM e do PSD. Iniciada às 9 horas da manhã os tucanos e aliados se reuniram para oficializar o nome de Expedito Júnior na disputa ao Governo e do vereador de Porto Velho, o pastor Edésio Fernandes, do PRB, como seu vice.

 

Marcos Rogério, do DEM será o nome da coligação ao Senado. Entre os nomes da coligação para concorrer à cadeiras no parlamento federal, destacam-se Mariana Carvalho (PSDB) e Expedito Neto (PSD), que vão à reeleição; Lindomar Garçon, do PRB e ainda Ieda Chaves, esposa do prefeito Hildon Chaves, cuja candidatura foi anunciada há alguns dias. Outro nome que aparece é de Lucas Follador, do DEM, ra região de Ariquemes onde é vice prefeito.

 

O pacote de partidos, que ainda pode crescer, com a chegada de algum considerado ‘nanico’, já que as conversas continuaram durante todo o final de semana, considera que Expedito Júnior  tem agora, todas as condições para ser eleito Governador.

 

Expedito terá pela frente pelo menos dois adversários de grande peso. Maurão de Carvalho é o candidato que mais cresce nas pesquisas. O representante do MDB vem com o aval do seu  partido e quer ser Governador, depois de cinco mandatos como Deputado Estadual. E tem ainda o poderio político de Acir Gurgacz, família prorietária do grupo Eucatur e SGC, que comanda a frente de partidos o que lhe dariam suporte a disputa ao governo.

 

Por fora correm nomes menos conhecidos, como os do jovem Vinicius Miguel, da Rede e do coronel  Marcos Rocha, que têm a seu favor apenas o fato de serem os escolhidos por Jair Bolsonaro, para concorrer em Rondônia.

 

INDEFINIÇÃO

Na convenção ficou definido que na corrida para Deputado Federal o PSDB, DEMOCRATAS, PSD, PRB e PATRIOTAS. Para Deputado Estadual o PSDB vem sozinho, mas ainda tenta após o término da convenção juntar forças. Para Deputado Estadual o PSB e o Democratas uniram forças. O PRB juntou-se com o Patriotas.

 

A preocupação do momento do PSDB é se a conta do coeficiente de votos ficar na casa dos 25 a 30 mil votos, pode complicar os planos dos Tucanos que elegeriam apenas um deputado. A tarde segue em conversações entre os partidos, como o PSB e Democratas que não aceitam essa união, tanto que já fecharam sua ata da convenção ficando assim difícil a formação de um ‘chapão’ que seria ótimo para o PSDB.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS