close
logorovivo2

Todos os olhos voltados para Paquetá: o futuro do camisa 11 do Fla está em jogo

Protagonista no primeiro semestre, meia é alvo de cobiça no exterior: Ele sai ou fica? Vai renovar? Conversamos com dirigentes, empresários e pessoas próximas para desenhar o atual cenário

GE

16 de Junho de 2018 às 09:55

Todos os olhos voltados para Paquetá: o futuro do camisa 11 do Fla está em jogo

FOTO: (Divulgação)

Flamengo busca reforços para repor perdas e encorpar o elenco, mas está atento a possíveis saídas. Em evidência pela liderança, é fato que haverá assédio. E todos os olhares estão voltados para Paquetá.

 

A preocupação existe, mas é controlada. O Flamengo sabe que o mercado é voraz, mas tem a seu favor uma milionária multa. O GE conversou com dirigentes, representantes, olheiros de clubes europeus e pessoas ligadas a Paquetá para tentar desenhar a situação. Algo ainda muito incerto. Hoje, a tendência pela permanência na Gávea. Mas o cenário pode mudar.

 

Há proposta na mesa?

 

Não. É o que garantem o Flamengo e os representantes do jogador. Sondagens, no entanto, chegam aos montes. O nome de Paquetá é constantemente ventilado na imprensa europeia. Em tom informal, Marcelo o convidou publicamente a se juntar ao Real Madrid. O “Correire Dello Sport” destacou em maio que o meia estava no radar de Milan e Juventus.

 

O fato de Eduardo Uram, agente de Paquetá, ter viajado recentemente para a Inglaterra aumentou as especulações. Clube que tem a política de contratar jovens talentos – vide Gabriel Jesus e Douglas Luiz - o Manchester City foi um dos ventilados.

 

O GE conversou com agentes do futebol inglês, que desconhecem o interesse. A multa de 50 milhões de euros é considerada alta até mesmo para os clubes ricos da Europa. Esse tipo de investimento, geralmente, é feito em jogadores prontos. Apesar do grande momento, Paquetá explodiu recentemente. Porém, a presença na lista de suplentes para a Copa dá uma espécie de selo especial ao jogador.

 

Qual é o valor da multa?

 

Esse é o maior trunfo do Flamengo. Em janeiro de 2016, ainda longe dos holofotes, Paquetá renovou até dezembro de 2020. Na época, agradou Muricy Ramalho após um período de treinos, foi integrado ao elenco profissional e estreou contra o Bangu na mesma semana que assinou contrato. O valor da multa é de 50 milhões de euros – cerca de R$ 220 milhões, na cotação atual. O Rubro-Negro não pensa em perder sua joia por um valor menor.

 

- A princípio, só sai pela multa – garante o diretor Carlos Noval.

 

E a prioridade do Valencia?

 

Na negociação para contratar Diego Alves, no ano passado, o Flamengo deu a Valencia a prioridade em contratar Paquetá até o fim de junho. O acordo funciona da seguinte forma: caso jogador e Flamengo aceitem uma proposta, o clube espanhol tem até o dia 30 deste mês para cobrir. O que no momento se desenha improvável.

 

- Não há o que ser falado sobre o Valencia. Não é um assunto atual, já está esgotado – disse Eduardo Uram.

 

Quais são os planos do Flamengo?

 

O Flamengo admite sondagens, sabe que ficará de mãos atadas caso algum clube pague a multa, mas está relativamente tranquilo devido à multa superior R$ 200 milhões. A prioridade é manter Paquetá pelo menos até o final do ano. Especialmente após perder os jovens Felipe Vizeu (Udinese) e Vinicius Junior (Real Madrid) nesta janela.

 

Os planos, no entanto, são maiores. O diretor Carlos Noval revelou que o Flamengo traça um plano de carreira para segurar o Paquetá. Neste caso, porém, será necessário apresentar um vantajoso reajuste salarial para convencer o meia a aumentar a multa e ampliar o vínculo, que termina em dois anos e meio (dezembro de 2020). Hoje, o salário do jovem está longe do das principais estrelas do clube.

 

- Nossa ideia sempre é segurar. Mas se pagarem a multa não tem jeito. Mas a ideia é fazer um plano de carreira e fazer com que o Paquetá vire um ídolo aqui - frisou Noval.

 

 

Paquetá e Flamengo já tratam da renovação?

 

Flamengo e representantes de Paquetá conversam constantemente, mas o assunto ainda não foi tratado isoladamente. É vontade das partes se reunir, o que deve acontecer em breve. Por parte dos representantes do atleta, não há pressa. O mercado está apenas começando a se desenhar.

 

Em um primeiro momento a ideia é tratar da renovação, mas não está descartada que alguma proposta seja colocada na mesa.

 

- Quanto ao plano de carreira do Flamengo, demanda sentar e entender o que eles têm em mente. Conversamos sempre com o Flamengo, mas nesse caso são necessárias conversas efetivas – disse Uram.

 

 

O que pensa Paquetá?

 

O sonho de todo jovem jogador brasileiro é jogar na Europa, e Paquetá não foge à regra. Pesa a favor do Flamengo o fato de Paquetá ser torcedor e muito identificado com o clube. Aos 20 anos, ele sabe que uma transferência no futuro é inevitável, mas já relatou a pessoas próximas o desejo de conquistar um título importante pelo Rubro-Negro antes de ser mudar para o exterior.

 

- Meu contrato com Flamengo é até 2020. Foi o clube que cresci e me tornou o que sou hoje. Espero continuar a dar alegrias para a torcida. Sempre sonhamos em jogar na Europa, mas estou no maior do Brasil e quero continuar – disse em março

 

No mês passado, ao ser indagado após o jogo contra o Inter sobre o interesse de clubes europeus, Paquetá brincou:

 

- Mengão na veia.

 

O que diz o empresário do jogador?

 

Eduardo Uram planeja se reunir com o Flamengo para discutir o futuro de Paquetá. Porém, não há pressa. O desenrolar da Copa do Mundo vai falar muito sobre o mercado, e os grandes clubes da Europa aguardam para definir suas contratações.

- Especulações não merecem ser comentadas. O mercado está começando a se delinear. Prematuro falar agora. Precisamos vivenciar o mercado primeiro. Mas é claro que vamos conversar com o Flamengo. Por enquanto, não temos nada marcado. Até porque o Flamengo tem o controle da situação. Com tranquilidade, vamos buscar pontos de equilíbrio. Há um respeito muito grande entre todos.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS