close
logorovivo2

VÔLEI DE PRAIA: Juntos desde pequenos, poloneses tentam feito inédito no Circuito Mundial

Juntos desde pequenos, poloneses tentam feito inédito no Circuito Mundial

SPORTV

27 de Junho de 2018 às 11:12

VÔLEI DE PRAIA: Juntos desde pequenos, poloneses tentam feito inédito no Circuito Mundial

FOTO: (Divulgação)

Atuais líderes do ranking mundial, a dupla Losiak e Kantor tenta um feito inédito na Polônia. Nunca um atleta local venceu uma etapa do Circuito Mundial em casa. Prata em Viena na última semana, eles chegam embalados para o torneio que começa nesta quinta-feira e vai até domingo. Muito além da questão técnica, eles contam com a amizade para quebrar o encanto. Os poloneses são amigos dos tempos de escola e cresceram juntos como dupla no vôlei de praia. Menos entrosados, os brasileiros tentam estragar a festa dos jovens de 26 anos.

 

Losiak e Kantor nasceram no mesmo ano, no mesmo mês e por 11 dias de diferença não nasceram exatamente na mesma data. Amigos dos tempos de escola, eles decidiram jogar juntos durante um acampamento. E desde os 17 anos não se separaram mais. Já são oito anos de parceria com inúmero títulos nas categorias de base e também como profissionais. Campeões mundiais sub-19, sub-21 e sub-23, eles tiveram a primeira aparição em Olimpíada na Rio 2016.

 

Juntos desde 2009, Losiak e Kantor caminham numa direção totalmente diferente das formações brasilerias. Com uma mudança gigantesca no final de maio, quatro duplas brasileiras se desfizeram a dois anos de Tóquio 2020, incluindo os campeões da Rio 2016 Alison e Bruno. Agora, com novas cinco duplas masculinas no Circuito, o Brasil tem como meta se aproximar dos poloneses no ranking e por que não estragar a festa deles em Varsóvia?

 

Essa é a tarefa de Álvaro Filho/Saymon, Vitor Felipe/Evandro, Pedro Solberg/Bruno Schmidt e Alison/Evandro. Na fase pré-qualificatória, o campeão olímpico Ricardo já foi eliminado do torneio ao lado de Guto. A passagem pela Polônia marcou o retorno do veterano de 43 anos ao Circuito Mundial. Também na mesma fase, a dupla George/Thiago caiu fora do torneio.

 

Mulherada unida

 

As duplas femininas do Brasil não estão juntas há tantos anos como Losiak e Kantor, mas também não mudaram de estrutura recentemente. Com isso, o país chega forte na briga pelo título Polonês. Maria Elisa/Carol Solberg, Barbara Seixas/Fernanda Berti, Ágatha/Duda e Josi/Lili têm o desafio de conquistar uma medalha em Varsóvia.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS