close
logorovivo2

NECESSIDADE: Flamengo busca reforços pontuais para suprir saídas de Vinicius Jr. e Everton

As duas prioridades são a zaga e o ataque, sendo que no segundo caso, a ideia é buscar um jogador que caia pelos lados do campo, suprindo assim as ausências de Vinicius Júnior, que se apresentou ao Real Madrid, e Everton, que defende o São Paulo há alguns meses.

GAZETA ESPORTIVA

30 de Junho de 2018 às 09:20

NECESSIDADE: Flamengo busca reforços pontuais para suprir saídas de Vinicius Jr. e Everton

FOTO: (Divulgação)

Finalmente efetivado como técnico, Maurício Barbieri se reuniu com dirigentes do Flamengo para discutir sobre o elenco visando a sequência da temporada. O time, que é líder do Campeonato Brasileiro, ainda tem pela frente a Copa do Brasil e a Copa Libertadores. Reforços ainda serão contratados, porém, apenas para posições consideradas carentes. Ou seja, serão contratações pontuais.

 

As duas prioridades são a zaga e o ataque, sendo que no segundo caso, a ideia é buscar um jogador que caia pelos lados do campo, suprindo assim as ausências de Vinicius Júnior, que se apresentou ao Real Madrid, e Everton, que defende o São Paulo há alguns meses. Para a vaga de Felipe Vizeu, que se transferiu para a Udinese da Itália, foi contratado o colombiano Fernando Uribe.

 

Como Orlando Berrío passou a maior parte do ano no departamento médico e Marlos Moreno ainda não conseguiu render o esperado, o Flamengo realmente quer um atacante de velocidade, que possa atuar ao lado do centroavante escolhido por Barbieri. Para esta posição, além de Uribe e de Henrique Dourado, o comandante conta com Lincoln, promovido das categorias de base, e Paolo Guerrero, que se reapresentará ao clube, mas que tem vínculo somente até 10 de agosto e vive uma indefinição sobre a possível punição por doping.

 

Os nomes que serão tentados para o ataque ainda estão sendo analisados e serão mantidos em sigilo.

 

Dentro de campo

 

O elenco treinou nesta sexta-feira e segue se preparando para o restante da temporada. O próximo desafio será o duelo contra o São Paulo, no dia 18 de julho, às 21h45 (de Brasília), no Maracanã, no Rio de Janeiro, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. Já em agosto tem os confrontos contra o Cruzeiro, pelas oitavas da Copa Libertadores, e diante do Grêmio, pelas quartas de final da Copa do Brasil.

 

Maurício Barbieri vai ter problemas para montar o time diante do tricolor paulista, pois o elenco perdeu muitas peças. Os atacantes Vinicius Júnior e Felipe Vizeu já estão a caminho da Europa e não jogam mais pelo clube. O meia Ederson não teve o contrato renovado e foi liberado para procurar outro clube, isso sem falar em Everton, que já tinha saído antes mesmo do recesso e está atuando pelo próprio São Paulo.

 

O lateral-esquerdo Miguel Trauco, com a seleção peruana na Copa do Mundo, não volta para o clube e será negociado, tendo a França como provável destino. Para o jogo contra o São Paulo, o drama ainda aumenta. Isso porque, expulsos no empate por 1 a 1 com o Palmeiras, os volantes Jonas e Gustavo Cuéllar e o atacante Henrique Dourado ficam de fora para cumprirem suspensão. Neste sábado o elenco treina pela manhã.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS