close
logorovivo2

Clayson volta ao Corinthians, agora com a “sombra” de Pedrinho

Em termos de participações, por exemplo, Pedrinho já tem 23 partidas na temporada, apenas uma a menos do que o companheiro

GAZETA ESPORTIVA

3 de Julho de 2018 às 09:15

Clayson volta ao Corinthians, agora com a “sombra” de Pedrinho

FOTO: (Divulgação)

O atacante Clayson voltou a ficar à disposição do técnico Osmar Loss e, a princípio, é titular da equipe do Corinthians para a retomada do segundo semestre. Prestes a ter um primeiro teste na inter-temporada, nesta quarta-feira, às 20h (de Brasília), contra o Cruzeiro, no Mineirão, ele passará a conviver com uma “sombra” que ganhou corpo na sua ausência: o jovem Pedrinho.

 

Com uma participação bastante discreta para o seu potencial, o canhoto demorou a ter espaço sob o comando do técnico Fábio Carille. Antes apontado como um atleta que ainda não conseguia finalizar uma partida, ele viu suas chances explodirem com a lesão do companheiro e, antes da derrocada pré-parada da Copa, estabeleceu-se como um forte concorrente no setor.

 

Em termos de participações, por exemplo, Pedrinho já tem 23 partidas na temporada, apenas uma a menos do que o companheiro. A diferença fundamental está nas atuações como titular: enquanto Clayson iniciou 20 duelos, Pedrinho começou apenas 11, menos da metade do seu total.

 

“A minha recuperação foi difícil, período integral, profissionais qualificados, tive um retorno antes do esperado”, comentou Clayson, que deve ser titular ao menos em algum dos amistosos da inter-temporada. Além do jogo em Minas, o Timão encara o Grêmio no domingo, em Itaquera, e a mesma Raposa, no dia 11.

 

“Vou trabalhando, buscando fortalecer ainda mais para ficar à disposição até o final da temporada”, disse Clayson, que também pode atuar junto com Pedrinho, um pela esquerda e outro pela direita. O problema, no entanto, seria outro: tirar Ángel Romero do time titular.

 

Um dos maiores ídolos atualmente da torcida, o paraguaio tem ares de titular absoluto. Além deles, as outras opções de Loss para o setor são Júnior Dutra e Marquinhos Gabriel, ambos abaixo na disputa. Emerson Sheik, atualmente, é visto como um homem para jogar na referência, não mais pelos lados.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS