close

8ª EDIÇÃO: Jogos do IFRO vão reunir mais de 400 alunos em Porto Velho

Após a fase estadual, 45 atletas de modalidades variadas irão representar Rondônia na fase nacional

ASSESSORIA

21 de Agosto de 2019 às 09:13

8ª EDIÇÃO: Jogos do IFRO vão reunir mais de 400 alunos em Porto Velho

FOTO: (ASSESSORIA)

Estudantes de oito campi do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO) participarão entre os dias 23 e 27 de agosto da 8ª edição dos Jogos do IFRO (JIFRO). Onze modalidades esportivas serão disputadas por atletas na capital Porto Velho (RO). A cerimônia de abertura do evento esportivo acontecerá na Quadra Poliesportiva do Campus Porto Velho Zona Norte, na sexta-feira (23), às 9h. Após a fase estadual, 45 atletas de modalidades variadas irão representar Rondônia na fase nacional que será realizada em Guarapari (ES), de 6 a 12 de outubro de 2019.

 

São esperados mais de 400 alunos dos Campi Guajará-Mirim, Porto Velho Calama, Porto Velho Zona Norte, Ariquemes, Jaru, Ji-Paraná, Cacoal e Vilhena que, durante cinco dias, vão disputar partidas de futebol de campo, futsal, handebol, basquetebol, voleibol, atletismo, natação, xadrez, tênis de mesa, judô e vôlei de praia. Os embates acontecerão no Ginásio Cláudio Coutinho, IFRO Campi Porto Velho Zona Norte e Porto Velho Calama, Escola Estadual Marcelo Cândia e Comando Geral da PM/RO.  Cerca de 100 servidores vão auxiliar nas atividades durante os jogos.

 

Segundo o Presidente da Comissão Geral do JIFRO, Olakson Pedrosa, o evento tem por objetivo valorizar de forma integral os educandos da instituição, oportunizando a promoção dos talentos, a socialização intercampi e a divulgação das ações institucionais junto à comunidade externa.  “Os jogos ampliam as interações entre os sujeitos do processo educacional e as pessoas da comunidade, em situações excepcionais de revelação de capacidades individuais, fortalecimentos coletivos, interdisciplinaridades, integração entre pessoas e processos, além do usufruto do prazer de competir. Revelam-se prazeres, dores, mágoas, inconformismos, e tudo isso é bom para a construção dos sujeitos, que experimentam pelos jogos as problemáticas e desafios dos espaços cotidianos e daqueles que ainda serão explorados”, explica o docente.

 

Estudante do 4º ano de Eletrotécnica, Danielle Marrieli, participará pela terceira vez dos Jogos do IFRO. Em 2017 a jovem conquistou a medalha de ouro no basquete. Já em 2018, a aluna conseguiu os primeiros lugares nas provas de saltos triplo e em distância, além de medalhas de bronze no salto triplo e no revezamento 4x100 no JIFEN (Jogos do Institutos Federais – Etapa Norte). Em 2019 a atleta vai participar pela última vez do JIFRO, disputando no atletismo e no basquete. “Eu considero o JIFRO um dos eventos mais importantes do IFRO, muita gente pode não dar valor aos esportes, mas os atletas dão muito de si e a luta que os professores têm para fazer acontecer esse evento tão importante não é em vão. O JIFRO é o momento onde todos os atletas que passam pela mesma luta de conciliar o esporte e o ensino técnico, se juntam e conseguem dividir experiências e criar momentos de extrema importância, tanto no âmbito esportivo como no pessoal. O JIFRO não é só mais uma competição, é uma oportunidade que temos de dar o nosso melhor em algo que nos dedicamos dia após dia, é o momento de entrar em quadra e saber que toda a ralação dentro e fora de sala de aula valeram a pena”, relata.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS