close

EXPEDIÇÃO – Programa RedRider leva motociclistas ao topo da Serra do Divisor na Amazônia

A rota escolhida por Cassiano Marques, gestor da EME Amazônia e responsável pelo projeto, percorreu a BR-364, no trecho de 645km entre Rio Branco e Cruzeiro do Sul (AC).

RONDONIAOVIVO

28 de Fevereiro de 2020 às 16:08

EXPEDIÇÃO – Programa RedRider leva motociclistas ao topo da Serra do Divisor na Amazônia

FOTO: (Divulgação)

Mais uma expedição do programa RedRider da Honda foi realizada na Amazônia brasileira entre os dias 8 a 14 de fevereiro de 2020. Desta vez, os motociclistas foram até a Serra do Divisor no extremo oeste do Brasil.


Atenderam o chamado do RedRider onze motociclistas, que viajaram nas lendárias CRF 1000 Africa Twin e também conheceram áreas preservadas de floresta, como o rio Croa e a aldeia Puyanawa, no interior do estado do Acre.

 

Panorâmica parcial da Serra do Divisor ou Serra do Moa, na fronteira do Brasil com o Peru | Foto: Pedro Devani


A rota escolhida por Cassiano Marques, gestor da EME Amazônia e responsável pelo projeto, percorreu a BR-364, no trecho de 645km entre Rio Branco e Cruzeiro do Sul (AC).


Na cidade que é a segunda maior do Acre, a expedição conheceu, via barco, o rio Croa com seu tapete verde e suas águas escuras. A região guarda paisagens naturais e uma grande diversidade de fauna e flora amazônica em uma das florestas de maior beleza do Acre. A cultura ayahuasqueira também foi conhecida pelos RedRiders no centro daimista Flor da Jurema, onde acompanharam parte do processo de produção do chá da floresta.


Uma gigantesca árvore da espécie Samauma, que são necessários 26 homens para ‘abraça-la, encantou os expedicionários. O restante do dia foi de confraternização, com almoço oferecido pela concessionaria Honda local e um colorido show cultural da banda Swing da Mata, que aconteceu no Centro de Lazer e Turismo do SESC, fechando a noite do roteiro do dia 2 da expedição.

 

OFF ROAD E PONTE CAIDA


No terceiro dia de expedição, um trecho de 45km, sendo boa parte em estrada de terra, levou os pilotos até a terra indígena Puyanawa e proporcionou experimentarem a essência OFF-ROAD da CRF 1000, feita para rodar em todos os trechos.
No retorno, uma ponte foi retirada pela prefeitura de Mancio Lima para reconstrução e deu muito trabalho para a transposição do pequeno igarapé. Já de noite, funcionários do município improvisaram uma passagem para os motociclistas usando madeiras soltas (pinguela). Sangue frio foi necessário para encarar a enlameada ‘passarela adaptada’.

 

SERRA DO DIVISOR

 
Andar de motocicleta é muito bom, mas o RedRider não fica apenas na pilotagem e a proposta foi levar os clientes Honda até o distante e inóspito Parque Nacional da Serra do Divisor, o 4º maior do Brasil com 8.375 km² .
(equivalente a 837.555,1900 campos de futebol).


A viagem começou no porto de Mâncio Lima em dois barcos. Nove horas de navegação subinto o estreito e sinuoso rio Moa, levou a equipe até uma pousada, no pé da Serra. No dia seguinte, hora de conhecer o topo da montanha. Às 4h da manhã, os RedRiders começaram a jornada em meio a selva amazônica. Uma experiência impar, que testou a resistência e força de vontade dos expedicionários, que puderam apreciar o nascer do sol sobre o mando verde da floresta. 


Também foram visitadas duas cachoeiras, a do “Amor” e do “Ar condicionado”, ambas com aguas frias e cristalinas que descem da escarpada Serra do Divisor. Um buraco (conhecido como “da Central” perfurado pela Petrobras nos idos dos anos 50, encontrou uma agua morna e sulforosa. No buraco feita na rocha, com cerca de 300 metros de profundidade, a pessoa não afunda, devido a pressão da agua, que joga para cima o banhista.


Após retorno a Cruzeiro do Sul, no 7º dia de viagem, foi feito o retorno para Rio Branco e confraternização na chegada.
O evento #RiderExpedition é uma promoção da Moto Honda da Amazônia e tem o apoio das concessionárias Honda Grupo Star (Acre).

 

Confira a programação das próximas viagens do programa RedRider:

 

Abril | Rio Branco – Puno – Copacabana – Salar de Uyuni – San Pedro de Atacama – San Salvador de Jujuy – Termas de Rio Hondo (Moto GP) – Salta

 

Maio | Salta – San Salvador de Jujuy – San Pedro de Atacama – Mano del Desiserto – Salar de Uyuni – Copacabana – Puno – Cusco – Rio Branco

 

Junho | Rio Branco – Cusco – MachuPicchu – Lima – Quito – Cali

 

Julho | Cali – Quito – Lima – Cusco – MachuPicchu – Rio Branco

 

Agosto | Rio Branco – Cusco – MachuPicchu – Montanhas Coloridas – Puno – Rio Branco

 

Outubro | Rio Branco – Cusco – MachuPicchu – Vale de Colca – Arequipa – San Pedro de Atacama

 

Novembro | San Pedro de Atacama – Mano del Desiserto – Iquique – Puno –  Vale de Colca Cusco – Rio Branco

 

Para maiores informações sobre este e outros roteiros: honda.com.br/motos/redrider

EXPEDIÇÃO – Programa RedRider leva motociclistas ao topo da Serra do Divisor na Amazônia
EXPEDIÇÃO – Programa RedRider leva motociclistas ao topo da Serra do Divisor na Amazônia
EXPEDIÇÃO – Programa RedRider leva motociclistas ao topo da Serra do Divisor na Amazônia
EXPEDIÇÃO – Programa RedRider leva motociclistas ao topo da Serra do Divisor na Amazônia
EXPEDIÇÃO – Programa RedRider leva motociclistas ao topo da Serra do Divisor na Amazônia
EXPEDIÇÃO – Programa RedRider leva motociclistas ao topo da Serra do Divisor na Amazônia
EXPEDIÇÃO – Programa RedRider leva motociclistas ao topo da Serra do Divisor na Amazônia

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS