close
logorovivo2

Música nos restaurantes influencia aquilo que se come

Música mais suave teria um efeito calmante e faz com que o cliente opte por pratos mais saudáveis

DA REDAÇÃO

15 de Junho de 2018 às 13:23

Música nos restaurantes influencia aquilo que se come

FOTO: (Divulgação)

Ovolume sonoro da música que toca nos restaurantes tem um efeito sistêmico no tipo de comida que pede, sugere uma nova pesquisa.

 

Se se vir a optar por um cheeseburguer e batatas fritas, ao invés de uma salada, o seu desejo natural por comida mais gordurosa pode não ser o único culpado. De fato, a preferência por alimentos menos saudáveis em detrimento de comidas mais equilibradas pode estar sendo diretamente influenciada pela atmosfera do restaurante onde está jantando.

 

O novo estudo publicado no periódico Springer revelou recentemente que o volume da música pode estar afetando as escolhas dos clientes, já que impacta diretamente no ritmo cardíaco e nos níveis de excitação.

 

Assim, música mais suave teria um efeito calmante e faria com que o cliente opte por pratos mais saudáveis, enquanto que ambientes mais barulhentos aumentam os índices de estimulação e de estresse, incitando as pessoas a escolherem comida menos saudável.

 

“Os restaurantes e os supermercados podem utilizar a música ambiente estrategicamente de modo a influenciarem o comportamento dos consumidores”, explicou o autor do estudo, o professor doutorado Dipayan Biswas, da Universidade de South Florida, nos Estados Unidos.

 

“A atmosfera dos espaços comerciais é cada vez mais um ponto estratégico chave”, acrescentou. Como parte da pesquisa, Biswas conduziu uma experiência num café em Estocolmo, na Suécia, onde vários gêneros de música foram tocados separadamente a 55Db e a 70Db.

 

Analisando o comportamento dos clientes durante vários dias e horas, os dados revelaram que mais de 20% dos indivíduos tinha optado por alimentos pouco saudáveis quando expostos ao som de música alta, comparativamente aqueles que fizeram o seu pedido num ambiente mais sossegado.

 

Este estudo vem após uma outra experiência realizada num restaurante da McDonald’s, na área metropolitana de Shepherd’s Bush, em Londres. O restaurante era conhecido pelos clientes desordeiros que o frequentavam habitualmente, e viu o ambiente anti social característico daquele espaço mudar quando optaram por tocar música clássica.

 

Então, já sabe onde vai jantar?

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS