close
logorovivo2

"É prá já" só agora, prefeito?

POR CARLOS HENRIQUE ÂNGELO

28 de Setembro de 2018 às 11:22

Os adversários do prefeito estão rolando de rir - e com razão - da nova campanha publicitária da Prefeitura. Ela diz que "É prá já" a solução para os buracos, que já colocaram Hildon Chaves em patamar inferior ao do ex-prefeito Mauro Nazif e tem inclusive ajudado muito em sua campanha para a Câmara dos Deputados. O que mais se pergunta: "É prá já? Depois de quase dois anos e já perto de nova temporada de chuvas?"

 


É preciso esclarecer que o prefeito não tem culpa: a responsabilidade é integralmente da PNA Publicidade, que utiliza toda a sua "imaginação criativa" para ganhar licitações e conquistar a, digamos, "simpatia" da assessoria ligada à execução do trabalho. Mas, nesse caso, os custos do ridículo recaem integralmente sobre os costados do prefeito, com efeitos deletérios também para a campanha de seu principal aliado, Expedito Júnior.

 


A campanha foi inspirada no do bem sucedido programa de atendimento ao cidadão criado em Tocantins, em 2008, pelo governador Marcelo Miranda, que obteve 95% de aceitação popular e inspirou por aqui o Shopping Cidadão. A PNA copiou. E copiou errado. Não tem competência nem para copiar. Melhor teria feito se usasse "Antes tarde do que nunca!". Ou copiasse "Futuros amantes", de Chico Buarque: "Não se afobe não, que nada é prá já".

MAIS COLUNAS

Carlos Henrique Ângelo

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS