close
logorovivo2

Diga aí, meu irmão!

POR OSMAR SILVA

29 de Março de 2018 às 14:28

- O Brasil só teve dois homens de vergonha na cara: Getúlio(Vargas), que se matou e Juscelino(Kubistchek), que mataram. O resto, não vale nada.

 

- Nem os juízes?

 

- Ninguém, meu filho! Conheci cada juiz..., você não escuta no rádio, na televisão?

 

Esse curto diálogo foi com meu pai, logo depois do STF conceder Liminar para o Lula não ir para a cadeia após o julgamento dos Embargos de Declaração pelo Tribunal Regional Federal do Rio Grande do Sul.

 

Jonas Sérgio, 94 anos, sabe o que diz. O glaucoma tirou-lhe as vistas, mas não roubou-lhe a audição nem a consciência. Ouve com atenção e forma seu juízo.

 

O pior é que ele tem razão. As exceções, claro que existem. Embora tenha havido momentos na história da humanidade em Deus, o nosso poderoso criador, só tenha achado um justo na face da terra: Noé. E, por este, outros tenham se beneficiado. Mas sempre existirá a exceção.

 

A verdade é que vivemos tempos onde a honestidade, o caráter e a honra se envergonham de existir. E pior ainda: às vezes, até se arrependem de haver induzido alguém a praticá-las. Principalmente quando veem seus praticantes humilhados, ofendidos, desprotegidos e despossuídos. Injustiçados. Enquanto os outros exibem poder, arrogância, orgulho e posses a não ter mais fim. Para estes, a justiça chega célere e poderosa.

 

É verdade! É verdade! É verdade, Doutor Rui Barbosa. O senhor tinha toda razão. O senhor alertou a Nação! Mas os brasileiros não te deram ouvidos.

 

Olha o tamanho da enrascada em que nos metemos! Até a última fortaleza da Nação, o sagrado chão guardião da nossa Lei Maior, está conspurcado por vendilhões do templo.

 

E não sou eu que digo. Nem precis de inquérito, CPI, investigação de Polícia Federal. Nada disso. Eles mesmos, os probos de notável saber, se denunciam, se delatam, se revelam diante de uma nação estarrecida e enxovalhada. Num bate-boca que ofende as lavadeiras e mexeriqueiros de plantão.

 

Mas o que esperar de autoridades de todos os poderes e escalões que não tem a honradez, coragem e decência de mostrar ao público sequer os seus contracheques, menos ainda o extrato de suas contas bancárias?

 

O que esperar de autoridades que fazem greve por auxílio moradia, embora tenham casa própria, patrimônio e os mais altos salários do País?

 

Esperar o que de autoridades que confessam ser ‘políticos por profissão’ como se política profissão fosse ou venha a ser atividade econômica profissional e não um mandato de prestação de serviços ao povo, por delegação e tempo certo?

 

Hem! Diga aí meu irmão?

MAIS COLUNAS

Osmar Silva

Osmar Ferreira da Silva, 70 anos, jornalista, bacharel em direito pela Uniron, vindo da Bahia ha 36 anos, fundador do Jornal O Parceleiro em 1979 em Ariquemes, e Gazeta de Rondônia em 1980 em Ji-Paraná, escritor ficcionista e poeta inédito. Ex-secretário de Justiça, ex-diretor do Sebrae, no governo Jerônimo Santana, ex-presidente do Iteron(Instituto de Terras de Rondônia) no governo Osvaldo Piana, ex-secretário de Administração e ex-secretário de saúde de A

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS