close

Professoras do Estado estão entre as vítimas do acidente de ônibus

Professoras do Estado estão entre as vítimas do acidente de ônibus

DA REDAÇÃO

11 de Julho de 2008 às 14:06

Professoras do Estado estão entre as vítimas do acidente de ônibus

FOTO: (Divulgação)

Pelo menos duas professoras da rede estadual estão na lista das 36 vítimas do acidente envolvendo uma carreta e um ônibus, na manhã desta sexta-feira (11), nas proximidades do município de Ouro Preto do Oeste. Uma delas, Elaine Lino Orcesi, que completaria 33 anos no próximo dia 25, faleceu juntamente com o filho, Caio Vinícius Orcesi de Oliveira, de 4 anos. Ela viajava acompanhada também do esposo, Carlos André Trindade de Oliveira, que até o fechamento desta matéria estava em estado grave no hospital de Ji-Paraná. A outra professora é Maria Mendonça de Andrade, da Escola Estadual de Ensino Fundamental Ayrton Senna, de Machadinho do Oeste. Segundo a Representação de Ensino (REN) do município, ela teve apenas uma fratura no nariz. Já Elaine trabalhava há mais de quatro anos no Centro Educacional de Ensino Fundamental Maria de Nazaré, da Arquidiocese de Porto Velho, conveniada com o Governo do Estado, por meio da Secretaria da Educação (Seduc). Funcionários da escola contam que a família dela reside em Cerejeiras e a do esposo na Capital. Assim que souberam da notícia, familiares de Carlos seguiram para Ji-Paraná com o intuito de transferi-lo para uma unidade de saúde na Capital. Ele é professor de história e religião e realizava trabalhos voluntários na Maria de Nazaré. Apesar do clima de luto, a direção da escola, que conta com mais de mil alunos matriculados nos três turnos, decidiu manter em sala de aula os que ficaram em recuperação no semestre, tendo em vista o recesso escolar começar a partir da próxima segunda-feira. Em nota, o secretário estadual da Educação, professor Edinaldo Lustoza, lamentou o trágico acidente e ensejou votos de que “a presença dos amigos amenize a dor dos parentes, e que tenham força para seguir em frente como homenagem maior àqueles que se foram”. Lustoza desejou ainda êxito na recuperação dos sobreviventes. O ônibus transportava voluntários da ONG Rede de Educação Cidadão de Porto Velho para o Centro de Treinamento da Emater, em Ouro Preto, enquanto a carreta vinha no sentido Capital.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS