close
logorovivo2

ARTIGO – Vende-se um lugar no céu – Por Alessandro Amorim

ARTIGO – Vende-se um lugar no céu – Por Alessandro Amorim

DA REDAÇÃO

17 de Outubro de 2009 às 09:53

ARTIGO – Vende-se um lugar no céu – Por Alessandro Amorim

FOTO: (Divulgação)

A que ponto estão chegando algumas entidades religiosas para obter dinheiro de fiéis que se deixam “enfeitiçar” por palavras “do Senhor”!

Andando na rua outro dia, chutei um papel colorido que estava no chão e, ainda de pé, consegui distinguir a palavra RESTITUIÇÃO, em letras garrafais. Interessei-me pelo folder, imaginando que se tratava de alguma instituição oferecendo meios de algum adiantamento da restituição do imposto de renda. Parei e peguei o papel do chão, cujo conteúdo faço questão de transcrever a seguir.
    
FICHA DE RESTITUIÇÃO

DEIXE QUE DEUS SEJA DEUS
Antes que seja tarde demais, fazei a restituição.

“Não tardará muito a terminar o tempo de graça e como enfrentareis o registro de vosso trato infiel de dízimos retidos? Não demorará muito e se fará a chamada para o ajuste de contas com Deus, e vos será perguntado: ‘quanto deveis a meu Senhor?` Antes que seja tarde demais, fazei a restituição”.  C.H.B., pg 42.

Algumas pessoas têm por muito tempo negligenciado tratar honestamente com seu criador. Deixando de separar o dízimo semanalmente, permitiram que este se acumulasse, até alcançar uma grande quantia, e agora muitos relutam em endireitar a questão. Conservam esse dízimo atrasado, usando como se fosse deles. Mas é propriedade de Deus, que eles têm recusado Pôr no Seu tesouro”. RH, 23 de dezembro de 1390.

“A oração não tem o fim de operar qualquer mudança em Deus; ela nos põe em harmonia com Ele. Não ocupa o lugar do dever. Por mais freqüentes e fervorosas que sejam as orações feitas, jamais serão aceitas por Deus em lugar de nosso dízimo”. MJ, 248.

MEU COMPROMISSO DE RESTITUIÇÃO
Considerando que em todo este tempo de ____________________ (especifique meses ou anos), Deus me deu Suas bênçãos espirituais e materiais, apesar de não ter devolvido fielmente os santos dízimos, eu,_________________________, após ter feito cálculos dos dízimos retidos no valor total de R$_______________, me comprometo, pela graça do Senhor, a devolvê-los da seguinte maneira:
1.    Devolvê-los de uma única vez;
2.    Devolvê-los em _______ parcelas mensais, a partir de ___________ (mês);
3.    Em produtos ______________________________________ (especifique);
4.    Em objetos de valor ________________________________ (especifique);
5.    Outros ___________________________________________________
Igreja: ___________________________________________
Data: ________/________/________
Nota: Entregue este compromisso ao tesoureiro da igreja e recolha-o somente quando tiver restituído.
Que Deus o abençoe! 
Deixe que Deus seja Deus.

Fiquei impressionado quando li a ficha. Procurei saber o que significa C.H.B. e não encontrei nenhum significado, principalmente na Bíblia. RH tampouco. MJ, 248 também continua sendo um mistério para mim. Não achei nenhuma referência no livro sagrado ou com alguém que conheça o significado destas siglas.

Dízimo agora se transformou em obrigação tributária? Acabaram de criar o DSRF (Dízimo do Senhor Retido na Fonte)? São negligentes aqueles que não “recolhem” o dízimo semanalmente? Eu sempre aprendi que o dízimo era uma contribuição facultativa mensal. As orações jamais serão aceitas por Deus?

Estes lunáticos estão colocando Deus como o Capitalista-Mor da humanidade. Se a oração não tem o fim de operar nenhuma mudança em Deus, é o dinheiro que o faz? Um panfleto ameaçador e que, por incrível que pareça, funciona! O que é Deus, então? Ele existe?

A ficha de restituição lança mão de artifícios medievais, quando a igreja mantinha seus fiéis pelo medo do castigo divino, e não pela bondade e pela justiça de Deus – justiça em sua mais nobre acepção, e não distorcida de seu sentido maior. Os lideres religiosos de algumas doutrinas estão colocando um Deus mau e vingativo, que não te oferecerá a mão, se você não Pagar por isso. Isso é fazer religião?

Terrorismo não é apenas enfiar um avião em um arranha-céu. Lembremos disso. Usar Deus para amedrontar as pessoas, além de cruel, é demonstração de fundamentalismo, assim como as desgraças mundiais que acontecem “em nome de Deus”. Em nome de Deus?

Restituir o dízimo atrasado em dinheiro, produtos, objetos de valor ou outra forma qualquer é um disparate a qualquer cristão sensato. Dez por cento de um salário mínimo faz muito mais falta do que trinta por cento de um mega-salário. No entanto, não se condena uma pessoa rica que não doa mais do que os dez por cento, mas os pobres que não podem doar quarenta e sete reais (em números redondos), não precisam perder tempo com orações, pois estas “jamais serão aceitas por Deus em lugar de nosso dízimo”. Isso é fazer o bem?

Finalizando, o papel assume caráter de nota promissória, quando coloca que só deve ser recolhido quando a restituição tiver sido totalmente concluída.

Que Deus (para quem acredita) tenha piedade destes líderes religiosos, pois todos, perante Deus (inclusive eles) têm o direito de se arrepender (sem precisar pagar) e conquistar seu lugar no céu.

Em tempo, a “ficha de restituição” não traz o nome da igreja de origem.

Como disse Saramago, esta semana: “Não podemos permitir que a verdade seja ofendida todos os dias por supostos representantes de Deus na Terra, os quais, na verdade, só tem interesse no poder”.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS