close

MPT é acionado por sindicalistas para evitar paralisação do transporte coletivo em Porto Velho na próxima segunda (04)

MPT é acionado por sindicalistas para evitar paralisação do transporte coletivo em Porto Velho na próxima segunda (04)

DA REDAÇÃO

1 de Julho de 2011 às 19:06

MPT é acionado por sindicalistas para evitar paralisação do transporte coletivo em Porto Velho na próxima segunda (04)

FOTO: (Divulgação)

Dirigentes não chegam a um acordo e ficou para a manhã deste sábado, dia 2 de julho, uma nova tentativa de entendimento entre empresas e trabalhadores no transporte coletivo urbano de Porto Velho, com mediação do Ministério Público do Trabalho (MPT) em Rondônia, para evitar que o serviço seja paralisado com uma greve anunciada para a segunda-feira, dia 4 de julho.

Na tarde desta sexta-feira, na sede da Procuradoria Regional do Ministério Público do Trabalho, nesta Capital, o procurador do Trabalho Aílton Vieira dos Santos presidiu audiência de mediação com a presença dos representantes dos sindicatos patronal e de trabalhadores para serem analisados os pedidos dos empregados e as propostas apresentadas pelos patrões.

Os profissionais do transporte coletivo urbano de Porto Velho querem ticket-alimentação no valor de R$ 100,00 para todos os trabalhadores da categoria; reajuste de 10% sobre os salários ; adicional de insalubridade incidente sobre o salário da função, inclusive trabalhadores do setor de manutenção; vale-refeição no valor diário de R$ 8,00 extensivo aos que trabalham na manutenção no turno noturno .

As empresas de ônibus urbanos de Porto Velho, através de seu Sindicato, oferecem reajuste salarial linear de apenas 6% sobre os salários e ticket-alimentação no valor de R$ 60,00, com o que não concordam os representantes dos empregados nas empresas de ônibus. Os trabalhadores estão dispostos a manter a paralisação anunciada para a segunda-feira se uma proposta melhor não for apresentada pelo Sindicato das Empresas.

Para dar continuidade à mediação aberta nesta sexta-feira, o procurador do Trabalho Aílton Vieira dos Santos propôs uma nova rodada de negociações para este sábado, às 9 horas da manhã, com o que concordaram os representantes das empresas.

Participaram da mesa de negociação presidida pelo procurador do Trabalho Aílton Vieira dos Santos, na sede do MPT -RO Roberto Marciano, presidente do Sindicato das Empresas de Transportes (SET), Márcio Pacele e Edilson Pereira, presidente e secretário geral, respectivamente, do Sindicato dos Trabalhadores (Sitetuperon), Ronaldo Marciano, da empresa Três Marias e Fernando de Castro, da empresa Rio Madeira, todos acompanhados de seus advogados.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS