close
logorovivo2

Medicina da São Lucas estuda impacto de doenças no envelhecimento humano

Medicina da São Lucas estuda impacto de doenças no envelhecimento humano

DA REDAÇÃO

28 de Junho de 2012 às 17:21

Medicina da São Lucas estuda impacto de doenças no envelhecimento humano

FOTO: (Divulgação)

Acadêmicos do curso de medicina da Faculdade São Lucas participam do Projeto Chronus, que desenvolve pesquisas sobre o impacto de doenças infectas parasitárias e outros fatores no processo de envelhecimento da população de Monte Negro, no interior de Rondônia.
 
O projeto terá início em agosto com a proposta de analisar e avaliar a prevalencia e a incidencia de Docenas Crônicas Não Transmissíveis (DCNT) e sua associação com as doenças infecto parasitarias na população acima de 18 anos de Monte Negro, visando criar uma linha de base para acompanhamento de uma corte ao longo de 10 anos.
 
O projeto terá como coordenador o professor Luís Marcelo Aranha Camargo (coordenador do curso de medicina da FSL e pesquisador da USP), contando com uma equipe formada por professores e preceptores da Faculdade São Lucas (Dr. Carlos Borelli - cardiologista, Dra. Gisele Sary - endocrinologista, Dra. Juliana Camargo - biomédica ICB5-USP, Dr. Lourivan Alves - clínico, Dr. Felipe Schittini - clínico) e de outras instituições (Dr. Pedro Gordan - nefrologista UEL, Dr. Leandro Diehl - nefrologista UEL, Dr. Carlos Perez - nefrologista UFRJ, Dr. Ricardo de Godoi - Bioestatístico FIOCRUZ/RO, Ms. Rafael Barofaldi - nutricionista USP, Silvana Eugênio - téc. Laboratório ICB5-USP e Ms. Lilian Motta - biomédica).
 
 Nas atividades práticas, que começam em agosto, os acadêmicos serão divididos em equipes e farão atendimentos médicos na população adulta acima de 18 anos do município de Monte Negro.
 
O estudo, além de ter a importância epidemiológica e científica, também resultará em benefícios para a população, através dos atendimentos médicos. As primeiras publicações científicas do projeto Chronus devem ocorrer no início do próximo ano, orientadas por pesquisadores da USP, FSL, UEL, UFRJ e FIOCRUZ.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS