close
logorovivo2

Morador denuncia descaso da prefeitura com aparelhos do programa Academia ao Ar Livre

Morador denuncia descaso da prefeitura com aparelhos do programa Academia ao Ar Livre

DA REDAÇÃO

8 de Agosto de 2013 às 11:08

Morador denuncia descaso da prefeitura com aparelhos do programa Academia ao Ar Livre

FOTO: (Divulgação)

Indignado com o desrespeito e descaso da Prefeitura Municipal para com o bem público, um morador do Bairro Cohab Floresta, zona Sul de Porto Velho, registrou o abandono dos aparelhos comprados para um programa que prevê a instalação de academias de ginástica ao ar livre nas praças da cidade.

Segundo o morador, que prefere manter o anonimato, dezenas de aparelhos estão há meses jogados ao lado do Ginásio Dudu, localizado na Avenida Jatuarana.

 “Sinto uma tristeza muito grande quando passo por ali e vejo essa falta de respeito com o dinheiro público. Os aparelhos novinhos estão lá pegando sol, chuva, não tiveram o trabalho nem de guardar em um depósito coberto para não danificá-los. É revoltante.”, desabafa o morador do Cohab Floresta.

 

Ainda de acordo com o popular, como cidadão portovelhense e indignado com a situação ele teria entrado em contato com a Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semes), pasta responsável pela instalação e manutenção dos aparelhos, para questionar o motivo do abandono das academias.

 

“Na verdade a prefeitura do município de Porto Velho vem desempenhando um péssimo gerenciamento em todas as pastas. Eu entrei em contato com a Semes e questionei sobre os aparelhos. Eles me informaram que todos estavam instalados, em ótimo estado de uso e que a população estava satisfeita. Só que não é isso o que vemos por aqui.”, declara.

 

O autor da denúncia informou ainda que também procurou a Secretaria Estadual de Esporte Cultura e Lazer (Secel) onde teria questionado se os Centros de Esporte e Lazer (Cedel) não poderiam adquirir as academias que estavam abandonadas.

 

“A Secel me respondeu que já havia enviado ofício com o pedido, porém, a prefeitura informou que todas as academias já estavam sendo utilizadas e dessa forma não poderia atender ao ofício do governo do Estado. Não é um absurdo?”, questiona o morador.

 

A reportagem do Rondoniaovivo entrou em contato com a secretária da Semes, Roselane Rivero que explicou a razão dos aparelhos das academias estarem naquele local.

 

“Primeiramente gostaria de esclarecer que os aparelhos não estão jogados. Eles foram colocados ali porque o almoxarifado da Semed, onde eles estavam guardados foi desativado por causa do aluguel muito caro. Quanto as questões relativas às ações do tempo e se isso danifica os aparelhos é óbvio que não. Todos os equipamentos receberam uma tinta especial para suportarem sol, chuva, afinal, são projetados para academias ao ar livre, ou seja, já foram fabricados justamente para resistirem a essas situações”, explica a secretária.

 

Roselane Rivero falou ainda sobre o destino dos aparelhos. “Todos estes equipamentos já tem destino certo. Porém, aguardo a tramitação do processo para a instalação dos mesmos. São equipamentos pesados, para atividades de musculação, não podemos instalá-los de qualquer forma e colocar em risco os usuários. Assim que a licitação para a contratação da empresa que fará a instalação sair, todos estes aparelhos já tem cada um o seu local certo, assim como prevê o projeto da Academia ao Ar Livre”, conclui Roselane Rivero.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS