close
logorovivo2

JARU – PC desvenda homicídio e prende acusado

JARU – PC desvenda homicídio e prende acusado

DA REDAÇÃO

10 de Dezembro de 2013 às 11:11

JARU – PC desvenda  homicídio e prende acusado

FOTO: (Divulgação)

Policiais Civis do SEVIC – Serviço de Investigação e Captura, com o apoio da Policia Militar de Jaru desvendaram um homicídio ocorrido no ano de 2006 em uma propriedade rural localizada na linha 612 km 10, onde na ocasião foi assassinada brutalmente Rosangela Almeida de Souza, 30 anos, em sua própria residência, a vítima foi encontrada despida, com seus braços amarrados para traz com um cadarço de calçado e um corte profundo no pescoço.
Após tomar conhecimento do crime, Policiais do SEVIC realizaram inúmeras diligências com intuito de levantar informações que pudessem ajudar a policia a chegar até o autor do crime. Uma testemunha ocular foi peça fundamental da investigação, onde esta relatou a Policia ter visto a pessoa de Celio Pena Coelho chegar até a casa da vítima minutos após a mesma também haver chegado.
A testemunha informou que Celio adentrou a casa da vítima, e logo em seguida foi possível ouvir uma grande discussão. Ao ser procurado pelo Policia Civil Celio acabou confessando o crime, mais se beneficiando pelo fato de não ter sido preso em flagrante, Celio foi liberado para responder em liberdade, mais acabou fugindo, ficando longe dos braços da Justiça por anos.
Policiais Militares do serviço de Radio Patrulha obtiveram informação do paradeiro do foragido e informaram os Agentes do SEVIC. O Delegado de Policia Salomão de Matos informou que no dia 10 de outubro, Celio teria se envolvido em um acidente automobilístico na cidade de São Francisco do Guaporé, fato este que veio a confirmar a suspeita da Policia sobre seu paradeiro.
O Delegado Salomão comunicou a Policia Civil de São Francisco e encaminhou o mandado de prisão do foragido. Celio Pena Coelho foi preso pela Policia Civil e transferido para o município de Jaru para responder pelas acusações que lhe são empregadas.
Celio encontra-se no presídio municipal onde aguardará o seu julgamento, apesar do pouco efetivo, este é o décimo homicídio esclarecido pela Policia Civil de Jaru somente no ano de 2013.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS