close
logorovivo2

GUAJARÁ-MIRIM - PC recupera objetos furtados e prende acusados

GUAJARÁ-MIRIM - PC recupera objetos furtados e prende acusados

DA REDAÇÃO

24 de Junho de 2014 às 14:07

GUAJARÁ-MIRIM  - PC  recupera  objetos furtados e prende acusados

FOTO: (Divulgação)

Nesta segunda-feira (23/06) a Polícia Civil de Guajará-Mirim/RO recuperou vários objetos furtados de escolas, comércios e residências daquela região. Os nacionais Welleson M.F.S., 24 anos e Ildair P.C., 28 anos foram flagranteados por receptação, além de Juarez F.S., 61 anos, este flagranteado por receptação e posse de arma de fogo.
 
O delegado regional, Milton Santana da Silva, solicitou aos policiais que dessem prioridade aos casos de furtos em escolas, comércios e residências ocorridos naquele município, tendo em vista o expressivo número de casos. A equipe iniciou as diligências com o intuito de identificar e qualificar os suspeitos bem como recuperar os bens subtraídos.
 
Nesta segunda-feira (23) os policiais, em diligências pelo bairro Industrial, avistaram o suspeito Welleson, bastante conhecido do setor investigativo da polícia por suas ações ilícitas. Incontinenti o abordaram e durante revista pessoal foi encontrado com o mesmo uma serra mamoré, marca Brocks com indícios de procedência ilítica.
 
Welleson disse que recebeu a serra de Ildair e, ainda, um fogão de mesa, o qual, igualmente de origem suspeita, acabou sendo apreendido pela equipe. Em continuidade às investigações os policiais localizaram Ildair, e este, perquirido acerca dos objetos supracitados, confessou tê-los recebido de um terceiro indivíduo, cujo nome não soube mencionar.
 
Os suspeitos revelaram ainda que venderam vários outros objetos furtados a Juarez. Ato contínuo a equipe se deslocou à residência deste, onde foi apreendido 01 (um) revólver calibre 38, com 7 (sete) munições intactas, DVD’s, microfones, maquita, monitor e outros, todos sem nota fiscal.
 
Diante das evidências, Juarez recebeu voz de prisão por posse ilegal de arma de fogo e receptação, e os demais por esse último delito, sendo os três conduzidos à delegacia e apresentados à autoridade policial, que ratificou a prisão. Após serem interrogados, os suspeitos foram conduzidos à Cadeia Pública, onde permanecerão à disposição da Justiça.
 
Caso alguma vítima reconheça os aparelhos apreendidos, poderá comparecer à delegacia apresentando ocorrência ou documento outro que comprove a propriedade do bem, para fins de restituição.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS