close
logorovivo2

Prefeito explica exonerações após gastar R$ 7 milhões: “É orientação do TCE”

O prefeito explicou que as exonerações tiveram como objetivo cumprir orientação do Tribunal Contas do Estado de Rondônia (TCE), que no primeiro semestre alertou quanto ao gasto com folha de pagamento no valor de R$ 7 milhões.

DA REDAÇÃO

10 de Novembro de 2014 às 11:40

Prefeito explica exonerações após gastar R$ 7 milhões: “É orientação do TCE”

FOTO: (Divulgação)

O prefeito do município de Pimenteiras do Oeste, João M. (PSDB) exonerou, semanas atrás, 37 funcionários de cargos comissionados, incluindo três secretários municipais.

O prefeito explicou que as exonerações tiveram como objetivo cumprir orientação do Tribunal Contas do Estado de Rondônia (TCE), que no primeiro semestre alertou quanto ao gasto com folha de pagamento no valor de R$ 7 milhões. As exonerações aconteceram no final de setembro.

João M. informou que atualmente a cidade conta com 220 servidores, sendo que deste total, 20 são comissionados. “Foram exonerados pessoas de várias secretarias. No caso dos secretários, trocamo-los por profissionais técnicos da área que já são concursados para economizar na folha de pagamento”, explicou o chefe do executivo municipal.

De acordo com o relatório do TCE/RO, a despesa total de pessoal do Poder Executivo Municipal de Pimenteiras do Oeste, no 1º Semestre, ultrapassou o limite prudencial de 95% do percentual máximo legal admitido na alínea “b” do inciso III do art. 20 da Lei Complementar nº 101/2000, posto que afetou gastos com pessoal no valor total de R$ 6.783.420,10, equivalente a 53,08% da Receita Corrente Líquida (RCL) de R$ 12.779.586,95. O percentual incorreu em proibições previstas no artigo 22 da Lei de Responsabilidade Fiscal.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS