close

Governo inaugura sistema de videomonitoramento no município

Governo inaugura sistema de videomonitoramento no município

DA REDAÇÃO

9 de Novembro de 2015 às 10:45

Governo inaugura sistema de videomonitoramento no município

FOTO: (Divulgação)

Foi inaugurada na sexta-feira (6) em Buritis a sala do sistema de videomonitoramento, que funcionará na Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp). Por meio do sistema, 14 pontos estratégicos da cidade passam a ser monitorados já a partir deste mês, garantindo maior segurança 24 horas à população.

O governador ressaltou a importância do sistema de videomonitoramento para a segurança da população e disse que é só o começo, pois novas iniciativas virão para combater a criminalidade.

Os pontos para instalação das câmeras foram escolhidos pelas Polícias Militar e Civil e o Serviço de Inteligência do governo estadual. O sistema é operado por equipes de policiais militares capacitados para acompanhar da sala de videomonitoramento dia e noite todo tipo de ocorrência, a partir das imagens geradas pelas câmeras.

As imagens permitem ao policial identificar eventos criminosos e acionar uma viatura policial para atender as ocorrências. As imagens também serão arquivadas por um período mínimo de 30 dias e auxiliar, inclusive, em investigações policiais.

O município foi o primeiro dos seis localizados num raio de 150 quilômetros da faixa de fronteira com a Bolívia a receber as câmeras de do sistema de videomonitoramento da Secretaria do Estado de Segurança Defesa e Cidadania (Sesdec).

Adquirido por meio de convênio com o governo Federal, via o Programa Estratégia Nacional de Segurança Pública para as Fronteiras (Enafron), criado com o objetivo de combater os crimes nos estados que fazem fronteira com os países da América do Sul, o sistema também será importante no combate ao tráfico de drogas e roubo e furto de veículos.

Os municípios da faixa de fronteira receberão 62 câmeras. Além das primeiras 14 câmeras instaladas em Buritis, outras 13 serão destinadas a Vilhena, 9 a Pimenteiras do Oeste, 9 a Costa Marques, 15 a Guajará-Mirim e 2 a Nova Mamoré.

As câmeras utilizadas são do tipo “speed dome’”, recurso que pode monitorar em um ângulo de até 360º, alcançar um grande perímetro e tornar possível gravação de imagens com zoom e boa definição.

De acordo com Confúcio Moura, à medida que o delegado da cidade for identificado os chamados pontos cegos na cidade outras câmeras serão instaladas. “Agora, os casais de namorados têm que tomar cuidado até na hora do beijo, porque a cidade tá igual o Big Brothers, tem câmara gravando tudo”, brincou.

O secretário de Segurança Pública, Antônio Carlos Reis, explicou que o videomonitoramento dará maior eficiência ao trabalho de policiamento, e destacou a importância da permanência da Força Nacional na região para ajudar a policia estadual na segurança da população.

O empresário Roni Irmanzinho, dono de um posto de gasolina que funciona no centro da cidade, destacou a iniciativa do governo, relatando que sua empresa foi assaltada três vezes, deixando os funcionários assustados e com medo de ficar trabalhando à noite. “Agora nós temos mais segurança, porque antes deles assaltarem, vão pensar duas vezes, pois sabem que através dessas câmeras de segurança podem ser identificados”, disse.

O vice-presidente da Associação Comercial e Industrial de Buritis (Acib), José Nilson de Oliveira, considera o novo sistema um avanço para as ações de segurança em Buritis, e anunciou  o apoio da Acib ao setor de segurança pública. “Nós só temos a agradecer ao governador por escolher nossa cidade, entre os 52 municípios, para ser a primeira a receber esse projeto. Nós, empresários da Acib, aderimos e apoiamos qualquer ação do Governo do Estado que venha coibir a criminalidade em nossa cidade”, reforçou.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS