close

BRIGA DE TRÂNSITO: PM atirou em pneus e homem fez ameaças usando macaco

Segundo BO, PM e empresário sofreram ameaças de morte na DPC

DA REDAÇÃO

5 de Setembro de 2017 às 11:23

BRIGA DE TRÂNSITO: PM atirou em pneus e homem fez ameaças usando macaco

FOTO: (Divulgação)

Uma briga de trânsito registrada na tarde de ontem (segunda-feira, 04), na Avenida Major Amarante, região central de Vilhena, obrigou a PM a alvejar os pneus do carro de um dos envolvidos. De acordo com o BO lavrado pela corporação, também houve ameaças de morte.
 
Conforme a narrativa policial, no qual a reportagem teve acesso, o casal Marcelo Gomes Soares, 42, e Ionara Rover, trafegavam pela avenida central, quando Willian Kevin Rodrigues Costa (idade não divulgada), que vinga atrás, começou a dar sinais de luz.
 
Diz ainda o BO que o homem fechou o carro do casal, supostamente por causa de uma manobra feita antes e teve início a discussão. A mãe de Willian, uma senhora de 54 anos, desceu do Saveiro, no qual estava com o filho, e tentou acalmar a situação. Marcelo teria empurrado a mulher e despertado a fúria do filho dela.
 
Willian foi até o carro e pegou o que parecia ser uma pistola, apontando para o casal. O ex-vereador e ex-secretário municipal de Educação, José Carlos Arrigo, policial militar da reserva que passava pelo local, conseguiu tomar o artefato do homem, e só então percebeu que não era uma pistola, como todos imaginavam. Tratava-se de um pequeno macaco hidráulico.
 
Relata ainda o Boletim que, após ficar sem a “arma”, Willian entrou no carro e tentou atropelar os policiais que atendiam a ocorrência. Os militares reagiram e usaram suas armas (fuzil e pistola .40) para furar dois pneus do veículo na bala. Mesmo assim, o acusado fugiu e andou mais de um quilômetro com os pneus murchos.
 
Ao ser abordado, no local onde o carro havia parado, o homem reagiu com violência, desferindo socos contra os PM’s. Na DPC, para onde foi levado algemado, teria ameaçado de morte o oponente na briga de trânsito e um dos policiais.
 
Anota ainda o policial que atuou no caso que Willian não quis receber o próprio carro e que as chaves tiveram que ser entregues ao pai dele.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS