close
logorovivo2

SAÚDE PUBLICA: Prefeitura planeja mudanças e novos convênios

Acadêmicos de faculdades particulares poderão estagiar nas unidades de saúde.

DA REDAÇÃO

19 de Setembro de 2017 às 10:46

SAÚDE PUBLICA: Prefeitura planeja mudanças e novos convênios

FOTO: (Divulgação)

A Atenção Básica na rede municipal de saúde tem sido uma prioridade da Prefeitura de Porto Velho na gestão do prefeito Hildon Chaves. E com o objetivo de melhorar a qualidade no atendimento nas Unidades de Saúde da Família (USF), a Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) está implantando algumas mudanças no setor com vistas de fortalecer a Atenção Básica.

O secretário de Saúde da capital, Orlando Ramires, no cargo há cerca de 15 dias, adiantou que muitas das ações implementadas pela secretaria eram desenvolvidas de forma desconectada, o que na maioria das vezes acabavam não gerando os resultados esperados, contribuindo desta forma por comprometer os serviços de saúde oferecidos à população.

Além disso, afirmou ele, foram inauguradas muitas unidades de saúde que nunca funcionaram por falta de estrutura, seja de equipamentos que não foram instalados, seja por falta de pessoal. “Outros sequer foram inaugurados e já estão todos deteriorados, como é o caso da Upa de Jacy-Paraná. Para não perder o investimento, devemos transferir para lá a unidade de saúde da família do distrito”, disse.

Para o secretário Orlando Ramires, o foco da prefeitura tem que ser a Atenção Básica e não com especialidades médicas como vinha ocorrendo. Essa mudança se faz necessária não só por causa dos serviços que estão sob a responsabilidade do município, dentro do sistema de saúde, mas também e principalmente, para otimizar a aplicação dos recursos do contribuinte, a fim de melhorar os serviços.

“Na partilha de responsabilidades, ficou para o município cuidar da Atenção Básica, então essa tem que ser a preocupação da prefeitura. E melhorar a Atenção Básica é importante também para desafogar a procura por atendimento nas UPAs que tem a incumbência de atender os casos de urgência e emergência. Mas se a Atenção Básica não funcionar, as UPAs ficarão sempre sobrecarregadas”, afirmou.

Para reforçar o atendimento à população nas USF, a Secretaria Municipal de Saúde está fechando convênio com duas faculdades particulares da capital para que os acadêmicos dessas instituições, que estão se graduando em cursos voltados à área de saúde, possam, por meio da parceria, estagiar nas unidades de saúde do município prestando atendimento à comunidade.

 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS