close
logorovivo2

Vídeo de estudantes da Uninorte contra acadêmicos da Ufac repercute na internet

As imagens foram gravadas no pátio da instituição particular

ACRE 24 HORAS

13 de Março de 2018 às 09:47

Vídeo de estudantes da Uninorte contra acadêmicos da Ufac repercute na internet

FOTO: (Divulgação)

Um vídeo de estudantes que circula nas redes sociais, gera enorme repercussão. Nele, um grupo de acadêmicos do curso de Medicina da Uninorte, faz ofensas contra estudantes de Medicina da Universidade Federal do Acre (Ufac).

 

As imagens foram gravadas no pátio da instituição particular. Juntos, os estudantes dizem que não têm cadáver, e que isso não os incomoda, pois anatomia eles fazem na ‘bucet*’ das mulheres dos alunos da Ufac. O vídeo veio à tona exatamente no Dia Internacional da Mulher.

 

Em nota, os estudantes da Uninorte informam que a “música” ou “grito de guerra” ocorre por causa da rivalidade “entre as atléticas de medicina da região, a qual uma vez por ano, todas nós, atléticas de medicina de Rondônia e Acre, nos reunimos para uma competição esportiva chamada Intermed”.

 

Leia na íntegra na nota de esclarecimento:

 

Diante da situação que envolveu os calouros do curso de medicina da Uninorte na última terça-feira 6, a atlética MASSACRE vem expor e explicar sobre o ocorrido.

 

Como todos vocês já podem ter acompanhado, existe uma rivalidade TOTALMENTE SAUDÁVEL entre as atléticas de medicina da região, a qual uma vez por ano, todas nós, atléticas de medicina de Rondônia e Acre, nos reunimos para uma competição esportiva chamada Intermed. Nela, além das competições nos esportes, cantamos e gritamos os gritos de guerras voltados para nós mesmos, atleticanos e atletas que, através desses eventos, fomentamos o estímulo ao esporte e à integração entre os estudantes de medicina.

 

Porém, ao cantarmos esses gritos de guerras no pré- trote dos calouros na última terça-feira, pessoas fora do curso e de outras instituições sentiram-se incomodadas com tal fato e começaram a denegrir a imagem dos estudantes de medicina da UNINORTE nas redes sociais. Infelizmente, essas pessoas que não entendem o que é rivalidade saudável entre as atléticas vêm com o intuito de causar discórdia e confusão com algo que não há.

 

Deixamos claro aqui que não compactuamos de forma alguma com o incentivo à violência e muito menos desmerecemos ninguém perante instituições de estudo. Ademais, que fique claro que nunca foi e nunca será de nossa intenção desvalorizarmos as mulheres, independentemente de qualquer que seja a atlética, e que a conotação nunca teve a intenção de ser abusiva ou desrespeitosa com o gênero que tanto admiramos e que, inclusive, integram a nossa delegação com participação ativa. Por fim, lamentamos a forma com que as pessoas interpretam e disseminam mentiras sem sequer terem conhecimento do que acontece entre as duas atléticas. Mais amor e menos drama galera!

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS