close

Prédio da Seduc no CPA é ocupado por professores em greve

O ato tem como objetivo aumentar a pressão em cima do Governo Estadual para que atenda as demandas da categoria.

RONDONIAOVIVO

23 de Março de 2018 às 09:42

Prédio da Seduc no CPA é ocupado por professores em greve

FOTO: (Rondoniaovivo)

A greve dos trabalhadores em Educação no Estado de Rondônia completou um mês e tomou um novo rumo, na manhã desta sexta-feira(23), com a ocupação do prédio da Secretaria de Estado da Educação de Rondônia(SEDUC). O ato tem como objetivo aumentar a pressão em cima do Governo Estadual para que atenda as demandas da categoria. A Polícia Militar está acompanhando o movimento no local.

 

Os trabalhadores reivindicam o atendimento das propostas do Plano de Valorização da Educação, apresentada pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação no Estado de Rondônia - Sintero. Entre elas está o cumprimento da Lei Federal nº 11.738/2008 (Lei do Piso Salarial do Magistério), a Lei nº 3.565/2015, que instituiu o Plano Estadual de Educação, e a Lei Complementar nº 680/2012, que instituiu o Plano de Carreira da Educação.

 

A presidente do Sintero, Lionilda Simão, disse que o sindicato sempre esteve aberto ao diálogo e disposto a discutir eventual proposta que venha a ser apresentada pelo governo. “Mas o que temos até agora é não para todas as nossas reivindicações. O governo privilegia outras áreas e simplesmente abandona a educação”, declarou.

 

O Tribunal de Justiça de Rondônia já determinou que o movimento fosse suspenso, sob pena de multa de R$ 100 mil por dia. Os trabalhadores decidiram pela continuidade da greve.

Prédio da Seduc no CPA é ocupado por professores em greve

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS